Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Empresa portuguesa no Espaço

A empresa Sinergiae, do sector das renováveis, construiu uma peça que vai integrar a nova sonda espacial europeia.

 

A sonda espacial europeia Pilot vai integrar uma peça inteiramente desenvolvida e fabricada em Portugal pela empresa Sinergiae, do sector das renováveis. Esta nova tecnologia da empresa sediada em Coimbra,vai permitir que a sonda não fique "cega" na viagem para a estratosfera.

 

A equipa de investigadores do departamento Space & Techhnology da empresa portuguesa desenvolveu uma tecnologia que permite impedir o aparecimento de cristais de gelo na janela da sonda onde dão entrada os dados provenientes do espaço, como explica o presidente e o maior accionista da empresa, José Pimentão, ao Diário Económico, sem revelar o valor do investimento.

 

Sobre a importância desta nova tecnologia para a empresa e para a economia nacional, o mesmo responsável não deixa de assinalar como "extremamente positivas" e recorda que se trata de mais uma iniciativa para o "reforço de competências das empresas nacionais num sector tão competitivo como é a área espacial". E recorda que este reconhecimento pela inovação nacional, por parte Centro Nacional de Estudos Espaciais (CNES-França), entidade que gere a sonda Pilot, resulta de um trabalho que começou em 2007, com a celebração das primeiras parcerias. Mais recentemente a empresa passou a ser considerada fornecedor de primeira linha de componentes ‘hardware' para missões espaciais.

 

(in Diário Económico)