Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Reunião do Conselho Ministerial da ESA

Os objetivos e prioridades da Europa para o espaço serão discutidos no Conselho Ministerial em Napóles, em Itália, entre 20-21 de Novembro. Os ministros responsáveis pelas atividades espaciais dos 20 países membros da ESA e do Canadá vão reunir-se para decidir sobre um plano para estimular o conhecimento, apoiando uma Europa inovadora e competitiva e promovendo serviços espaciais. Em linha com o cumprimento dos seus objetivos, a ESA está a atrair interesse político crescente. Com a adesão da Polónia por altura do Conselho de Ministros, a ESA terá 20 Estados-Membros, mais dois do que no último Conselho de Ministros, em Haia, na Holanda. A ESA tem também acordos de cooperação com nove dos 10 Estados-Membros da UE que ainda não são membros da ESA, os quais irão igualmente participar do Conselho Ministerial. O Canadá participa em alguns programas da ESA no âmbito de um acordo de cooperação. Vários observadores foram também convidados a estar presentes no Conselho: a Bulgária, o único membro da UE que ainda não concluiu um acordo de cooperação com a ESA, as organizações Eumetsat, a Fundação Europeia de Ciência, a Agência Europeia de Defesa, a Agência Europeia de Segurança Marítima e a UE. Resta-nos esperar pela próxima semana para saber qual será o futuro que a Europa pretende para o Espaço!