Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Disputa pela Lua

 

 

 

 

 

A ascensão rápida da China em tecnologia de ponta, o ritmo crescente das descobertas lunares e a crescente viabilidade da mineração lunar estão a atrair vários países e empresas no desenvolvimento de novas missões à Lua.

 

Estão neste momento previstas 12 missões lunares, incluindo sondas orbitais, rovers, e recolha de amostras para serem lançadas até 2020.

 

Os EUA, a China, India e a Rússia têm missõe splaneadas para este período, enquanto actores mais novos na cena espacial consideram missões lunares para depois de 2020, incluindo o Reino Unido, a Agência Espacial Europeia e até a Coreia do Sul.  

 

China, Japão, Índia e Rússia são aqueles que estudam seriamente o lançamento de missões lunares tripuladas por 2025-2030.

Cerca de 3 missões lunares em meados da década poderão ser rovers comerciais patrocionados pelo prémio Google Lunar X com cerca de 30 milhões de doláres dividido entre os vencedores que consigam alunar um rover na Lua antes do fim de 2015. 

 

Estes novos voos têm como resultado uma nova corrida à Lua, que na realidade são 4: 1 corrida pela exploração comercial e 3 corridas geopoliticas (China vs India; China vs Rússia e um objectivo conjunto não muito falado da China e da Rússia). 

 

Acresce ainda a importância para a China de colocar humanos na Lua como forma de mostrar ao mundo de mostrar supremacia tecnológica e que poderá liderar onde outrora havia sido os EUA a comandar. 

 

Até inicio de 2014, a China irá realizar a primeira tentativa em 37 anos de alcançar a Lua com um robô. Trata-se de Chang'e 3 que irá também transportar o primeiro rover lunar enviado para a Lua em 40 anos. A última alunagem foi a soviética Luna 24 em 1976. E o rover mais recente foi o Lunokhod 2 que alunou em meados Janeiro de 1973. 

 

A recente LADEE da NASA será a terceira sonda americana a orbitar a Lua desde 2009. Depois da missão LADEE a NASA espera em 2018 lançar o primeiro módulo da International Lunar Network ao colocar os primeiros instrumentos na Lua.

 

 

 

 

Podem ler mais sobre os planos da China, Rússia e EUA para a Lua aqui.