Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

É hoje lançado o satélite MetOp-A

Joana Vidigal Leal

O satélite meteorológico europeu MetOp-A (Meteorological Operational Satellite Programme) é hoje lançado a partir do Cosmódromo de Baikonur, no Casaquistão. Depois de adiado o seu lançamento devido a uma falha mecânica, a ESA anuncia o lançamento do primeiro satélite de órbita polar que irá dar uma maior contribuição às previsões sobre o clima.

O satélite MetOp-Aé o primeiro de uma nova série de três satélites meteorológicos europeus. Lançados com um intervalo de cinco anos, estes satélites deverão obter informação meteorológica da órbita polar até 2020.

A ESA acredita estes satélites vão revolucionar a forma como são observados o clima, o ambiente e as condições meteorológicas da Terra, fornecendo dados sobre a temperatura, humidade, velocidade e direcção dos ventos na superfície do oceano e concentrações de ozono e outros gases com efeito de estufa, melhorando significativamente, a previsão meteorológica e de catástrofes naturais.

Com seis metros de altura e 4,085 toneladas de peso, o MetOp-A, que levará a bordo onze instrumentos de ponta, vai substituir um de dois serviços meteorológicos actualmente da responsabilidade da NOAA e será o primeiro satélite europeu em órbita polar dedicado à meteorologia. Depois de lançado, a responsabilidade do MetOp-A será partilhada pela Europa e pelos Estados Unidos.

Os MetOp foram concebidos para funcionarem de forma complementar com os satélites da NOAA.

in: http://www.cienciapt.net/noticiasdesc.asp?id=12986