Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Quem possui satélites e outros objectos espaciais que, inadvertidamente, regressem à Terra ou fiquem "perdidos" no espaço sideral, requerer-los a outra pessoa que seja capaz de salvá-los?

 

 

 

O Tratado do Espaço Exterior afirma que a posse de objetos lançados no espaço exterior, incluindo os objectos colocados ou construídos num corpo celestial, e dos seus componentes, não é afectado pela sua presença no espaço ou num corpo celeste ou pelo seu regresso à Terra. Ou seja,  os satélites e outros objectos espaciais permanecem propriedade dos seus proprietários originais, independentemente da sua localização.

 

O Tratado do Espaço Exterior e do Acordo de Resgate prevê expressamente a devoulução de todos os objetos espaciais ou partes dos seus componentes a quem fez o seu lançamento original ou Estado que possua o registro, se forem descobertos ou recuperados em território estrangeiro ou em alto-mar.