Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Tecnologia e know-how português suportam missão da Agência Espacial Europeia

 

 

 

 

A Critical Software contribuiu com a sua tecnologia e com o seu know-how para a concretização da missão Global Astrometric Interferometer for Astrophysics, da Agência Espacial Europeia. 

 

O principal objectivo da missão Global Astrometric Interferometer for Astrophysics (Gaia) é construir o mapa mais completo e rigoroso do sistema solar. Trata-se de um mapa tridimensional da nossa galáxia, que será criado através do levantamento de 1% dos cerca de 100 mil milhões de estrelas existentes no Universo, de modo a permitir a revelação da composição, formação e evolução da galáxia.

 

Os instrumentos da missão Gaia vão fornecer medidas de velocidade radial e posicional com as precisões necessárias para produzir um censo estereoscópico e cinemático de cerca de mil milhões de estrelas da nossa galáxia e de todo o Grupo Local, valor que representa cerca de 1% da população estelar galáctica.

 

A tecnológica portuguesa participou em várias fases e projectos relacionados com o desenvolvimento e concretização da missão Gaia, destacando-se o trabalho realizado em estreita colaboração com a Agência Espacial Europeia (ESA) para avaliação e melhoria do Sistema de Controlo de Missão, que é responsável, entre outras acções, pelas operações de recepção de dados científicos e envio de comandos; pela monitorização de todos os parâmetros da missão; pelas operações de manutenção da órbita; pelas manobras de correcção da navegação; e por evitar que o satélite seja afectado por eclipses terrestres.

 

A Critical Software participou também na criação de um simulador de FPA (focal plane assembly), para gerar imagens iguais às que a missão Gaia vai captar. A validação da FPA foi executada contra as imagens de referência geradas pelo simulador desenvolvido, tendo em consideração o modelo de física do circuito CCD (charge coupled devices) e as características dos corpos celestes.

 

Os resultados do simulador serviram para consolidar a FPA, para as especificações CCD e para permitir a integração com o simulador de unidade de processamento de vídeo da sonda Gaia, apoiando assim a validação end-to-end de toda a cadeia de processamento de dados.

 

(in Semana Informática)