Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

NASA perdeu gravação original do Homem da Lua

A agência espacial norte-americana (NASA) não sabe onde estão as cassetes de vídeo originais da primeira missão à Lua, na qual o astronauta Neil Armstrong disse em Julho de 1969: “um pequeno passo para o homem, um passo gigante para a humanidade”.

“A NASA está à procura das cassetes originais da caminhada no espaço da missão Apollo 11, a 21 de Julho de 1969”, disse Ed Campion, porta-voz do centro espacial Goddard, da NASA, em Greenbelt, Maryland, nos arredores de Washington.

Os vídeos poderão estar em qualquer parte em Goddard ou em qualquer outro local da rede de arquivos da NASA, acrescentou.

A procura destes registos começou há cerca de ano e meio quando o centro espacial se deu conta de que não sabia onde estavam.

Neil Armstrong, o primeiro homem a andar na Lua, comandou a primeira missão lunar americana a bordo da cápsula Apollo 11, com os astronautas Buzz Aldrin e Michael Collins. Armstrong aterrou na Lua a bordo do módulo Eagle, em Julho de 1969.

As cassetes originais nas quais se encontram os dados da missão Apollo 11 foram registadas em três estações: Goldstone na Califórnia, Honeysuckle Creek e o observatório Parkes na Austrália. Depois foram enviadas para Goddard que as transferiu para os Arquivos Nacionais no final de 1969. Mais tarde, a NASA pediu as cassetes de volta e foi então que se lhes perdeu o rasto.

in http://publico.clix.pt/shownews.asp?id=1267337&idCanal=35

Nota: Existem rumores há já alguns anos de que a NASA perdeu os planos do foguetão que levou os americanos à Lua. Adeptos de posições mais fortes, vão mais longe afirmando que esse é um dos motivos pelos quais os americanos não voltaram a pisar solo lunar.