Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

EUA vs China

Abril 22, 2012

Vera Gomes

A nave secreta da Força Aérea norte-americana, a X-37B, continua em órbita por tempo indefinido. Tem sido muita a discussão sobre os objectivos do Pentágono, mas cresce a certeza de que a nave misteriosa é a resposta dos EUA à colocação pela China de  de sensores espaciais e satélites que fornecem dados vitais para o míssil balístico anti-navios DF-21D “Carrier Killer”, servem operações de guerra cibernética e armas anti-satélites. Desactivar esses sensores seria uma prioridade em qualquer conflito militar com Pequim.

 

Retirado daqui e onde poderão ler mais sobre este assunto.

Sugestão de leituras

Abril 19, 2012

Vera Gomes

Com os últimos desenvolvimentos na Ásia em matéria espacial e armamento, relembro alguns dos livros que já havia recomendado sobre a Ásia e outros mais recentes que são também interessantes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 E estes próximos são fundamentais para quem quer perceber o porquê estratégico de se querer estar no espaço.

 

 

 

 

 

 

 
 
Todos os livros estão disponíveis na Amazon.com

O Agni

Abril 19, 2012

Vera Gomes

O Agni (fogo em hindu) é capaz de percorrer 5000 quilómetros e de transportar uma ogiva nuclear de uma tonelada. As principais cidades chinesas estariam ao seu alcance, incluindo Pequim, sendo uma arma de longo alcance comparável às detidas por países como Estados Unidos, Reino Unido ou Rússia. O míssil testado com sucesso pela Índia foi lançado na última noite e acaba por ser uma demonstração de força de Nova Deli.

Com este lançamento, "a Índia assume-se como uma grande potência armada", declarou no final o chefe do departamento de investigação e desenvolvimento de armas indiano, Vijay Saraswat, em afirmações citadas pela Associated Press. O ministro da defesa classificou o teste de lançamento como "imaculado", segundo noticia a agência britânica Reuters, e o primeiro-ministro indiano, Manmohan Singh, diz que o país ultrapassou mais um "marco". "O lançamento de hoje representa mais um marco na nossa conquista da segurança nacional e na exploração das fronteiras científicas", acrescentou.

O programa balístico que deu origem a estes mísseis nasceu, segundo a Reuters, como uma reacção de defesa a eventuais ameaças balísticas chinesas. A mesma agência noticiosa frisa que somente os membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU – China, França, Rússia, EUA e Reino Unido – terão armamento com este tipo de alcance.

Integrando o grupo de países em desenvolvimento que têm economias com grande expansão, a Índia aspira a ser um contrapeso regional à China, cuja capacidade militar ainda é superior à indiana, dado que dispõe de mísseis intercontinentais capazes de atingirem qualquer ponto do subcontinente asiático.

 

(in Publico)

O Espaço é... português!!!!

Abril 19, 2012

Vera Gomes

O Jornal METRO desenvolveu uma competição internacional para selecionar uma pessoa a nível mundial, para ser enviada ao Espaço com a Space Expedition Curação (SXC). Como patrocinador exclusivo desta iniciativa em Portugal, o MEO lançou o passatempo “O Espaço é MEO” e desafiou os portugueses a desenvolverem as suas “Campanhas Espaciais” com macacadas que demostrassem porque o MEO e o METRO os deviam enviar, literalmente, para o Espaço.

 

Foram apurados os 10 finalistas com mais votos e, para selecionar o vencedor, o júri avaliou as suas participações com base nos seguintes critérios: empenho e originalidade na demonstração dos motivos pelos quais pretende ir ao Espaço; diversidade e utilização criativa de serviços, plataformas e funcionalidades MEO.

 

O Luís Portas é o grande vencedor do passatempo ‘O Espaço é MEO’ e pode concretizar o seu sonho de ir ao Espaço!

A corrida ao espaço continua e agora o candidato português a astronauta terá de fazer valer os seus argumentos junto do júri internacional.

Para complementar a sua nova missão, o Luís irá partilhar no dia 17 de abril com Portugal e o Mundo, a sua macacada final desta odisseia. Neste vídeo irá provar, sem margem para dúvidas, porque deve ser ele o vencedor do ambicionado prémio.

 

O MEO e o METRO apoiam o Luís na derradeira fase desta corrida espacial e incentivam todos os portugueses a fazê-lo também. Para mostrar o seu apoio bastará partilhar o vídeo desta macacada, que está disponível aqui. O vencedor internacional será anunciado no dia 27 de abril. Vamos acreditar que o Luís levará o nome de Portugal mais além!

 

 

 

 

 

 

O prémio do vencedor internacional é o Pacote "Founding Astronaut" da SXC constituído por:

  • Uma Viagem ao Espaço num voo da Space Expedition Curaçao na nave nave SXC Lynx em 2014
  • Viagem a Curaçao e três noites num hotel de 5 estrelas
  • Missões de treino em simuladores na Holanda, com viagem e estadia
  • Curso académico de astronauta
  • Fato de voo e merchandising especial de co-piloto
  • Oportunidade de publicar uma reportagem sobre a sua missão no jornal METRO, em 4 continentes.

 

Mini-satélite português no espaço

Abril 18, 2012

Vera Gomes

 

 

 

O minissatélite construído pelos alunos da Escola Básica e Secundária de Vila do Porto, em Santa Maria, Açores, que representará Portugal numa competição promovida pela Agência Espacial Europeia (ESA), está concluído para ser lançado na terça-feira, na Noruega.

 

O coordenador do projeto, Ruan Nolasco, adiantou à Lusa que o satélite, similar a uma lata de refrigerantes "está concluído" e "serão apenas realizados testes de verificação" até quinta-feira, dia em que os cinco alunos do 11º ano de escolaridade e dois professores partem dos Açores para Lisboa, de onde vão sair na sexta rumo à base de lançamento, na ilha de Andoya.

 

Esta equipa é uma das 14 equipas europeias selecionadas para construir um minissatélite, numa iniciativa da ESA que pretende oferecer aos jovens uma oportunidade única de participarem num projeto espacial verdadeiro.

 

Ruan Nolasco, um dos dois professores que integram a equipa açoriana, acrescentou que "a competição começa no próximo domingo, seguindo-se na segunda-feira a apresentação do projeto, ao júri, em inglês, enquanto que o lançamento do satélite vai ocorrer na terça-feira, na ilha de Andoya".

 

O minissatélite açoriano será colocado a bordo de um foguete para ser lançado de uma altitude de 1.000 metros, acrescentou.

O coordenador do projeto sublinhou que os alunos "estão muito entusiasmados, apesar de um pouco cansados, uma vez que aproveitaram todos os dias das férias de Páscoa para ultimarem a construção" do satélite.

 

O projeto da equipa portuguesa, denominado 'Azorean Shearwater' ('Cagarro Açoriano'), vai competir com o de equipas da Áustria, Bélgica, República Checa, Dinamarca, Holanda, Suécia, França, Grécia, Roménia, Espanha, Itália e Reino Unido.

 

Similar a uma lata de refrigerantes, a estrutura do satélite foi "reforçada com um tubo de inox" e o projeto da escola açoriana propõe-se a "medir valores da temperatura e pressão e elaborar um cálculo da altitude durante a descida, além de tirar fotos e georreferenciar essas fotografias através de um módulo GPS".

 

"A classificação final é comunicada dia 25", próxima quarta-feira, explicou Ruan Nolasco.

 

(in Diário de Notícias)

Discover disse Adeus

Abril 18, 2012

Vera Gomes

"Discovery" faz último voo para o museu

 

 

O vaivém espacial “Discovery” realizou esta terça-feira a sua última viagem, com destino ao Museu Aeroespacial Smithsonian, no estado norte-americano da Virgínia.

 

A nave foi transportada no dorso de um Boeing 747 da agência NASA, desde o Centro Espacial Kennedy, na Florida, até Washington, onde fez uma passagem simbólica pelo edifício do Capitólio.

 

 

 

Ásia em polvorosa!

Abril 10, 2012

Vera Gomes

 

 

 

Já tinhamos aqui referido a intenção da Coreia do Norte fazer um lançamento  de um satélite esta semana. O Japão deu ordens aos militares para destruirem o foguete, a Rússia também afirma que abaterá o foguetão se este sair do trajecto previsto, China pede contenção e os EUA consideram ser uma violação à proibição de lançamento de mísseis balísticos. Porquê? Porque a tecnologia para ambas as coisas é a mesma...

 

O foguetão norte-coreano deverá ser lançado entre esta semana e a próxima. Segundo o regime de Pyongyang, o lançamento pretende pôr em órbita um satélite. Trata-se, de acordo com o regime norte-coreano, de uma iniciativa com propósitos científicos e que visa assinalar os 100 anos do nascimento do antigo Presidente Kim Il-sung. Mas os países vizinhos como a Coreia do Sul e o Japão encaram também com apreensão este lançamento, segundo os respectivos governos

Lixo espacial em 3D

Abril 07, 2012

Vera Gomes

Como nem tudo o que sobe cai, neste site podem ver um filme sobre Lixo Espacial e os riscos que traz para a Terra.

 

 

 

Fica aqui o trailer! A não perder este documentário!

 

Brasil

Abril 01, 2012

Vera Gomes

Já falamos algumas vezes sobre o Brasil no Astropolitica (pode ver uma lista de referências aqui).

 

Considerando os inúmeros insucessos da exploração espacial brasileira, muitos esqueceram que o Brasil tem e teve um programa espacial. Prova disto - e muito mais - pode ser encontrado no mais recente relatório de 1982 da CIA, que foi agora desclassificado, sobre o programa espacial brasileiro onde os analistas da CIA acreditavam que o Brasil estaria prestes a ter um avanço significativo no seu próprio veículo de lançamento. 

 

O relatório intitulado "Programa de Lançadores Espaciais Brasileiros" foi produzido pelo National Photographic Interpretation Center (NPIC), que na época era dirigido pela CIA. NPIC foi responsável pela análise fotografias de reconhecimento de satélite e aviação e produzir relatórios sobre o que viam. Apesar deste relatório apenas ter 14 páginas foi suposto ser uma visão geral de tudo: desde complexos industriais até aos veiculos de lançamento. 

 

O programa espacial brasileiro teve inicio em 1961 e resultou no bem sucedido desenvolvimento da Sonda I, II e III, inicialmente utilizados para pesquisa meteorológica. A localização de Alcântara, 3 graus abaixo do equador, confere-lhe uma localização previligiada uma vez que beneficia da rotação da Terra.

 

Podem ler o relatório aqui e o artigo do Dwayne Day sobre o assunto aqui.



 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Onde compro livros

Free Delivery on all Books at the Book Depository

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Follow