Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Congresso Internacional de Astronautica

Setembro 29, 2012

Vera Gomes

De 1 a 5 de Outubro irá realizar em Nápoles a 63ª edição do Congresso Internacional de Astronáutica (IAC) subordinado ao tema: "Ciências espaciais e tecnologia para as necessidades de todos".

 

O IAC é organizado todos os anos pela Federação Internacional de Astronáutica e os seus associados a Academia Internacional de Astraonáutica e o Instituto Internacional de Direito do Espaço.

 

O IAC é o congresso internacional mais importante da área espacial, reunindo certa de 3000 delegados e junta agências espaciais, cientistas, engenheiros, gestores, jovens professionais  e estudantes de todo o mundo.


Este ano serão apresentados mais de 2000 artigos.

Hoje os cientistas esperam por si!

Setembro 28, 2012

Vera Gomes

Uma noite, 300 cidades na Europa e centenas de cientistas, todos juntos vão dar vida esta sexta-feira a mais uma Noite Europeia dos Investigadores. Em Portugal, a iniciativa ocorre em 26 localidades de Norte a Sul do país, passando pelos Açores e Madeira, e juntará cientistas e público num ambiente descontraído para mostrar que a ciência nem sempre é tão complicada como se julga. Tudo com entrada gratuita!!!

 

Podem saber mais aqui e aqui.

Lua e fontes energéticas

Setembro 23, 2012

Vera Gomes

Nos anos 70, astronautas da Apollo trouxeram para a Terra cerca de 400 kgs de rocha da Lua. Quinze anos depois, cientistas da Universidade de Wisconsin descobriram quantidades significativas de hélio-3, um isótopo estável de hélio, na superfície lunar.

 

Este tipo de hélio-3 tem uma característica: falta-lhe um neutrão e, com isso, pode ser usado em reactores de fusão nuclear para produzir energia limpa. O problema é que as fontes abundantes deste isótopo estão a milhões e milhões de quilómetros de distância, na Lua.

 

Os reactores nucleares actuais usam reactores de fissão, dividindo núcleos de urânio para a libertação de energia. Este calor transforma água no vapor que move turbinas para a produção de electricidade. Infelizmente, a radioactividade é um subproduto desta reacção, assim como o combustível perdido reprocessado em urânico e plutónio e o lixo radioactivo.

 

Segundo a Environmental News Network, os cientistas estão a estudar numa forma alternativa, a energia de fusão nuclear.  É aqui que entra o hélio-3 que, como combustível deste tipo de reacção, pode fornecer energia sem radioactividade e subprodutos nucleares.

 

Os reactores de fusão alimentados por tritio e deutério – ambos isótopos do hélio – perdem mais energia do que produzem, tornando-os fontes pobres de produção de energia. Mas as reacções de fusão com hélio-3 e deutério, que criam o hélio normal e um protão sem um neutrão, perdem menos energia. Mas é o protão que importa: manipulá-lo em um campo eléctrico produz energia. O processo de fusão com o hélio-3 tem eficiência de 70% se comparada ao carvão e gás natural, que têm eficiência de apenas 20%.

 

O problema é que toda a reserva de hélio-3 dos Estados Unidos não chega aos 40 kgs, quando um País desse tamanho precisaria de, pelo menos, 25 toneladas por ano.

 

(in GreenSavers)

Sugestão leitura

Setembro 10, 2012

Vera Gomes

 

 

 

Do primeiro fato desenvolvido para suportar a pressão em altitude, criado nos longínquos anos 40 do século passado para o avião X1, às roupagens mais sofisticadas que têm servido aos astronautas das Space Shuttle, a NASA acaba de disponibilizar um novo livro que percorre a história dos fatos criados para os seus vários programas.


A boa notícia: é gratuito! Basta fazer o download!


 

 

 

Santa Maria vai receber estação do projeto Galileo

Setembro 05, 2012

Vera Gomes

 A ilha de Santa Maria, nos Açores, vai receber uma estação do projeto Galileo, o sistema de navegação por satélite lançado pela União Europeia, que estava também a ser disputada pelos arquipélagos da Madeira e das Canárias.

 

"A instalação de uma GSS (Galileo Sensor Station) em Santa Maria reforça a criação de um 'cluster' de tecnologias espaciais nesta ilha", afirmou o secretário regional da Ciência, Tecnologia e Equipamentos, José Contente, em declarações à agência Lusa.

 

Nesta ilha do Grupo Oriental dos Açores já funciona a única Estação de Rastreio da Agência Espacial Europeia (ESA) existente em Portugal e o Centro de Monitorização do Atlântico Norte, estando a ser instalada uma estação da Rede Atlântica de Estações Geodinâmicas e Espaciais.

O Jornal Oficial da União Europeia já publicou o resultado do concurso para a instalação da GSS num dos três arquipélagos (Açores, Madeira e Canárias), que foi ganho pela proposta apresentada pela empresa EDISOFT, prevendo a sua localização em Santa Maria.

O projeto envolve um investimento superior a um milhão de euros, incluindo a prestação de serviços e o fornecimento da infraestrutura necessária à implementação e funcionamento da GSS.

 

Neste investimento está também incluído o fornecimento de consumíveis associados ao funcionamento e manutenção da estação, a manutenção da infraestrutura e a mão-de-obra qualificada para apoiar as equipas de integração e verificação da montagem da estação.

O Galileo é o sistema de navegação por satélite da União Europeia, concebido como um projeto civil em oposição ao GPS norte-americano e ao GLONASS russo, ambos de origem militar.

 

Este sistema europeu, que incluirá 30 satélites, deve proporcionar maior precisão e maior segurança, além de estar menos sujeito a problemas, já que terá capacidade para testar automaticamente a sua integridade.

O Galileo deverá começar a operar em 2013, mas apenas estará concluído e totalmente a funcionar no final da década, estando os seus centros de controlo instalados na Alemanha e em Itália.

 

Os primeiros sinais deste sistema de navegação foram transmitidos a 12 de janeiro de 2006 pelo satélite GIOVE-A, colocado em órbita a 28 de dezembro de 2005.

 

(in DN)

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Onde compro livros

Free Delivery on all Books at the Book Depository

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Follow