Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Programa Espacial Russo 2006-2015 aprovado

O Governo federal russo aprovou o Programa espacial Federal Russo para 2006-2015. O programa inclui a construção de um veículo reutilizável - o Clipper - em cooperação com países europeus e dois lançadores - o Angara e o Soyuz 2.


O programa contempla ainda o projecto Phobos-Grunt, uma sonda cujo objectivo será recolher amostras do solo de Phobos, uma das luas de Marte. Até 2015, a Rússia também planeia aumentar a sua participação da sua quota global no mercado de serviços espaciais ao expandir o seu grupo orbital. Irá ser criado um grupo orbital em conjunto com o Ministro das Comunicações e irá funcionar de forma independente dos sistemas internacionais.


O programa inclui ainda um sistema de navegação por satélite para cobrir o território russo e ainda os países que colaborem no projecto. Foi já assinado um contrato com a Índia e encontram-se em conversações com a China.


Em 2008, a Rússia estima que o seu grupo orbital irá aumentar em 18 veículos com diversos propósitos (comunicações, observação metereológica, investigação, ...). O grupo orbital da Rússia é de cerca de 100 satélites e veículos.