Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

EU: 27 reunidos para debater estratégia espacial comum

A presidência francesa da União Europeia quer que a exploração espacial a 27 assuma um peso fundamental nas políticas comunitárias. Para convencer os restantes países da urgência de uma acção conjunta no Espaço, a ministra francesa para a Investigação, Valérie Pécresse, recebeu, de 20 a 22 de Julho, os seus homólogos europeus, no centro de lançamentos da ESA, em Kourou, Guiana Francesa.

Os 27 estados-membros, mais a Suíça e a Noruega, que fazem igualmente parte da ESA, afirmaram, no comunicado final da cimeira, o compromisso europeu para um programa de exploração do sistema solar, que se quer “mundial e aberto a todas as nações”.

 
As propostas francesas
A presidência francesa pôs em cima da mesa duas propostas espaciais. A primeira, relativa a um centro de pesquisa conjunto sobre o clima, que sirva para centralizar, analisar e fornecer dados, para além de prestar serviços a cientistas sobre simulação digital.
A segunda proposta prevê a criação de uma estação espacial europeia de monitorização relacionada com assuntos de Defesa e segurança militar.

 

No final do encontro, Pécresse salientou a necessidade de “criar uma consciência espacial europeia” e a vontade de vários novos estados-membros, como Chipre ou Malta, em participar na Agência Espacial Europeia.

Os ministros encarregues das políticas espaciais debateram também o plano francês de criação de um novo centro de pesquisa europeia sobre o clima, baseado no modelo do CERN (organização europeia para a investigação nuclear), capaz de processar e centralizar os dados obtidos por observações espaciais.


Para saber mais, clique aqui