Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Brasil

Já falamos algumas vezes sobre o Brasil no Astropolitica (pode ver uma lista de referências aqui).

 

Considerando os inúmeros insucessos da exploração espacial brasileira, muitos esqueceram que o Brasil tem e teve um programa espacial. Prova disto - e muito mais - pode ser encontrado no mais recente relatório de 1982 da CIA, que foi agora desclassificado, sobre o programa espacial brasileiro onde os analistas da CIA acreditavam que o Brasil estaria prestes a ter um avanço significativo no seu próprio veículo de lançamento. 

 

O relatório intitulado "Programa de Lançadores Espaciais Brasileiros" foi produzido pelo National Photographic Interpretation Center (NPIC), que na época era dirigido pela CIA. NPIC foi responsável pela análise fotografias de reconhecimento de satélite e aviação e produzir relatórios sobre o que viam. Apesar deste relatório apenas ter 14 páginas foi suposto ser uma visão geral de tudo: desde complexos industriais até aos veiculos de lançamento. 

 

O programa espacial brasileiro teve inicio em 1961 e resultou no bem sucedido desenvolvimento da Sonda I, II e III, inicialmente utilizados para pesquisa meteorológica. A localização de Alcântara, 3 graus abaixo do equador, confere-lhe uma localização previligiada uma vez que beneficia da rotação da Terra.

 

Podem ler o relatório aqui e o artigo do Dwayne Day sobre o assunto aqui.