Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

A nova estratégia espacial da União Europeia

No passado dia 26 de Outubro, a Comissão Europeia lançou a Estratégia Espacial Europeia. Depois de cerca de um ano de trabalho, onde foram feitas consultas públicas e workshops para ouvir o que a Europa quer do espaço, o documento foi apresentado no recinto da European Space Expo em Bruxelas, na presença  do Vice Presidente da Comissão Europeia Maroš Šefčovič, a Comissária responsável pela área do Espaço, Elżbieta Bieńkowska, o Director Geral da ESA, Jan Woerner e ainda representantes da indústria espacial entre outros. 

 

  

A nova estratégia espacial que marcará o rumo da União Europeia para os próximos anos, abrange quatro pontos principais: 

  1. Maximizar os benefícios do espaço para a sociedade e a economia europeia;
  2. Promover um sector espacial europeu globalmente competitivo e inovador
  3. Reforçar a autonomia europeia no acesso ao espaço e usar o espaço como um ambiente seguro
  4. Reforçar o papel da Europa como um actor global e promover a cooperação internacional. 

 

O documento lista as principais acções a implementar no futuro e o programa de trabalho para 2017 da Comissão Europeia recentemente aprovado, contempla já a implementação da Estratégia Espacial como sendo uma das 10 prioridades para o ano que vem. 

 

O documento ppode ser consultado na integra, assim como os resultados da consulta pública e ainda um conjunto de perguntas e respostas, aqui. Amahã, o Comité ITRE do Parlamento Europeu, responsável por discutir questões relacionadas com Espaço, irá promover uma audiência pública sobre a Estratégia Espacial Europeia e pode ser seguida via webstream aqui a partir das 15h (hora local em Bruxelas). 

 

De acrescentar, que no mesmo evento, a Comissão Europeia e a ESA assinaram um memorando conjunto estabelendo visão e objectivos comuns para os anos vindouros.