Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

É a grande notícia do fim de semana que passou

 

 

Depois do desastre fatal com o VSS Enterprise em Outubro de 2014, a Virgin volta a apresentar uma nave que pretende transportar turistas até ao espaço, a VSS Unity. O acidente foi atribuído a um erro do piloto e descuidos da Scaled Composites, que destruiu a nave durante a fase de testes sobre o deserto de Mojave na Califórnia. No entanto, a The Spaceship Company, unidade própria da Virgin Galactic, já estava em construção adiantada da segunda SpaceShipTwo da frota quando o acidente ocorreu.

 

Na aparência, a nova é quase idêntica à versão anterior. A maior diferença entre os dois veículos é a adição de um pino para evitar que o piloto destrave a seção de cauda de giro da nave muito antes da descida, o que causou a desintegração da primeira nave, disse o presidente-executivo da Galatic, George Whitesides.

 

 

A nave para dois pilotos e seis passageiros é projetada para atingir altitudes de 100 km para além da atmosfera terrestre, fornecendo alguns minutos de ausência de gravidade e uma visão da Terra contra a escuridão do espaço. Já há cerca de 700 passageiros incritos para passeios, com o custo de 250 mil dólares cada, embora ainda não tenham sido divulgadas quaisquer datas dos futuros voos.

 

A evento contou com a presença de Richard Branson, e foi "narrado" pelo famoso astrofísico Stephen Hawking, que batizou o modelo apresentado e que já foi convidado para o voo inaugural.

 

 

(retirado daqui)