Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

#Galileo : Qual o impacto socioeconómico do sistema Galileo?


socioeconómico
 

Os benefícios do sistema Galileu podem ser medidos através do seu impacto socioeconómico sobre os utilizadores, a sociedade e o ambiente.
 
Os utilizadores irão beneficiar de um posicionamento mais fiável e preciso, o que facilitará a sua navegação, em particular nas cidades e zonas urbanas. Características do Galileo como o serviço de busca e salvamento e a integração no sistema eCall irão reduzir o tempo de resposta dos serviços de emergência em caso de perigo ou sinistro.
 
Além disso, os serviços de cronometria exatos do sistema Galileo irão ajudar a fortalecer a sincronização das operações bancárias e financeiras, bem como das operações no domínio das redes de telecomunicações e de distribuição de energia, de que depende a economia mundial.
 
A utilização da navegação por satélite contribuiu para estimular o crescimento económico a nível mundial, em particular nos setores de alta tecnologia e, segundo as previsões dos peritos, o mercado global da navegação por satélite irá, ele próprio, crescer mais de 8 % até 2019. Espera-se que a resiliência acrescida proporcionada pelo sistema Galileo na sua qualidade de terceiro sistema mundial, a seguir ao GPS e ao GLONASS, venha a permitir uma série de novos serviços e aplicações, que irão beneficiar de uma maior fiabilidade em termos de posicionamento, e incentivar ainda mais o crescimento económico na Europa e no mundo.
 
A Agência do GNSS Europeu (GSA) realizou avaliações adicionais que revelaram que a utilização do GNSS e do Galileo ao longo da próxima década irá aduzir benefícios substanciais do ponto de vista económico e ambiental; esses benefícios encontram-se mencionados no sítio Web da GSA: www.gsa.europa.eu.