Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Gastos globais com espaço diminuiem pela primeira vez em 20 anos

 

 

 

 

 

 

 

Segundo um relatório da Euroconsult, que traçou o perildos Governos que investem em programas espaciais, os orçamentos globais para os programas espaciais caiu para 72.100 milhões dólares em 2013, após um pico de investimento de 72,9 bilhões dólares em 2012. Esta é a primeira vez desde 1995 que os programas espaciais públicos mundiais sofrem um descréscimo, um resultado directo da natureza cíclica do investimento em infra-estrutura baseada no espaço combinado com os esforços de austeridade dos governos dos países que mais sofrem com a crise financeira iniciada em 2008.

O relatório destaca que , num período de tensão orçamental muitos países desenvolveram mecanismos inovadores para implementar os seus programas espaciais nomeadamente apelando à participação do sector privado em áreas até agora estariam reservadas para iniciativas governamentais. Esta relação entre a transformação de órgãos públicos e do sector privado poderão ter efeitos duradouros na forma como os governos concebem os seus programas espaciais e a estrutura da indústria.

Em 2013, 58 países investiram 10 milhões de dólares ou mais em aplicações e tecnologias espaciais em comparação com 53 em 2011 e 37 em 2003.

 

Podem mais sobre este relatório aqui.