Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Japao apaixonou-se pelos drones

 

 

 

 

 

 

Japão apaixonou-se pelos drones norte-americanos e tem-se posicionado como um dos players mais  improváveis ​​na corrida global ao desenvolvimento de drones militares. Uma ambição, sustentada no forte caráter inovador japonês, que gera controvérsia, tanto internamente como no exterior. Há quem fale num “renascimento do pré-guerra”, apoiado pelos EUA, que têm ajudado Tóquio, nos seus esforços de re-armamento, com o envio, em maio, de dois drones de vigilância de longo alcance Global Hawk, desarmados, para uma base no norte do Japão. Uma medida que enfureceu a China e a Coreia do Norte.

 

Recorde-se que o Japão está agora numa posição que não vivia há quase 70 anos, quando abdicou do direito de se envolver em conflitos fora das suas fronteiras. O país está envolvido numa disputa com a China e também com Taiwan sobre um conjunto de ilhas no Mar do Sul da China, onde as águas têm, desde há muito, estado em grande agitação.

 

 

 

(retirado daqui)

 

Mais sobre drones no Astropolítica, aqui.