Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Mulheres no Espaço - Stephanie Wilson

 

 

 

 

Stephanie Diana Wilson nasceu em Boston a 27 de Setembro de 1966. É astronauta norte-americana, tripulante do vai e vém espacial Discovery, veterana de três missões do programa do vai e vém espacial.

 

Formada em engenharia aeroespacial pela Universidade de Harvard em 1988, Stephanie trabalhou na empresa Martin Marietta, - uma das grandes empresas de desenvolvimento de tecnologia aeronáutica e espacial dos Estados Unidos - como técnica em foguetes e cargas durante vôos espaciais. Após este período integrou-se ao JPL (Laboratório de Propulsão a Jacto), ligado à NASA, em Pasadena, Califórnia, onde participou da equipa de desenvolvimento e controlo da sonda espacial Galileo, que explorou Júpiter no fim dos anos 1990.

 

Após ser selecionada para a NASA em 1996, Stephanie integrou a missão de controlo e comunicação de astronautas no espaço (CAPCOM) no Centro Espacial Johnson, até ir ao espaço em 4 de Julho de 2006 como especialista de missão no Discovery. Este voo teve a duração de 12 dias, 18 horas e 36 minutos, completando 203 voltas à volta da Terra. Foi a missão que marcou o regresso do vai e vém ao activo após o desastre da nave Columbia, em 2003 (no ano anterior a Discovery havia realizado uma missão, comandada por Eileen Collins, mas a missão enfrentara problemas graves, pelo que a NASA decidira manter as naves sem voar por mais um ano).

 

Voltou ao espaço em Outubro de 2007 na missão STS-120 do Discovery, que acoplou o módulo científico Harmony na estrutura da Estação Espacial Internacional (ISS). Esta missão completou 15 dias no espaço e 238 voltas em torno da Terra.

 

Wilson foi pela terceira vez ao espaço a 5 de Abril de 2010, como especialista de missão da STS-131 do Discovery, uma missão de manutenção e instalação de equipamentos na ISS. Neste voo de 15 dias de duração e 238 voltas à volta da Terra, Wilson foi um dos tripulantes encarregados de manusear o braço mecânico do vai e vém para monitorar o seu sistema de protecção térmica com uma câmara de TV.