Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

NASA testa limites do ser humano no espaço com nova missão de 12 meses

 

 

Está tudo pronto para a partida dos dois astronautas, um americano e um russo, que vão assumir uma missão de um ano na Estação Espacial Internacional.

 

A partida da nave Soyuz TMA-16M está agendada para as 3.42 p.m, hora do Pacífico, o que corresponde às 19.42h de Portugal Continental, colocando em marcha uma missão que vai durar duas vezes mais do que é habitual mas que se espera traga novos dados sobre a adaptação e reação do corpo humano a voos espaciais mais longos, o que ajuda a preparar missões a Marta, que pode durar pelo menos 500 dias.

 

As missões mais recentes na Estação Espacial Internacional têm uma duração de seis meses, mas o astronauta americano Scott Kelly e o cosmonauta russo Mikhail Kornienko vão ficar no espaço durante 12 meses, em exposição a um ambiente de gravidade zero que pode ter efeitos no corpo humano que se estendem aos olhos, atrofia dos músculos e perda de densidade óssea. A comparação com a evolução da condição física na Terra vai fazer-se também com o recurso ao irmão gémeo de Scott Kelly, que fica em observação na NASA para uma série de estudos genéticos comparativos. A NASA destaca que a missão tem também benefícios para quem nunca se aventure no espaço, trazendo conhecimento importante para doentes que sejam obrigados a longos períodos de confinamento à cama e melhorando a monitorização da exposição a infeções.

O isolamento e limitação a espaços reduzidos faz parte também do estudo a desenvolver, mesmo a nível psicológico, preparando os astronautas para missões mais longas.

O lançamento da missão pode ser acompanhado em direto através da NASA TV, que começa a emissão especial às 18.40h, hora de Portugal Continental. Até lá há uma série de reportagens relacionadas com esta missão que podem ser acompanhadas no mesmo canal.

 

(Retirado daqui)