Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Parcerias comerciais podem reduzir os custos de missões Humanas à Lua

Artist's concept of lunar base. Credit: Alliance for Space Development

 

Um novo relatório concluiu que as parcerias público-privadas, como aquelas que NASA tem usado para os seus programas de carga e tripulação comercial, poderiam levar novamente o Homem à Lua pela módica quantia de 10 bilhões de doláres num prazo de sete anos.

O estudo de 100 páginas, financiado pela NASA, concluiu que uma "arquitectura lunar" poderia eventualmente dar origem a uma base humana permanente nos pólos lunares para converter água gelada em combustível propulsor que poderia ser vendido à NASA ou outros clientes. No entanto, aqueles que estão envolvidos no estudo reconhecem que o maior obstáculo a esta abordagem pode ser convencer os formuladores de políticas da eficácia do plano.

"Nós basicamente dizemos neste estudo que, de uma forma gradual passo-a-passo, alavancando parcerias comerciais, podemos retornar à Lua. Tecnicamente viável ", disse Charles Miller, presidente da NextGen Espaço, numa conferência de imprensa a 20 de Julho para apresentar o relatório.