Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Sugestão de leitura

 

 

 

 

 

Num mês marcado pela troca de acusações sobre a realização de um novo teste ASAT pela China, deixo-vos uma recomendação intemporal e uma referência importante na política internacional e sobretudo para quem quer conhecer um pouco melhor a China.

 

Neste relato histórico, Henry Kissinger revela, pela primeira vez em livro, o seu profundo conhecimento da China, cujas relações com o Ocidente ajudou a modelar. Recorrendo a registos históricos e a conversas que manteve com líderes chineses ao longo de várias décadas, Kissinger observa a forma como a China encarou a diplomacia, a estratégia, e a negociação ao longo da sua história e reflecte sobre o equilíbrio dos poderes num século XXI globalizado.

 

Nenhum país está tão ligado ao seu passado mais antigo e respectivos princípios clássicos do que a China, pelo que qualquer tentativa de compreender o presente e o futuro deste país terá necessariamente de passar pela apreciação da sua longa história. Durante séculos não houve sociedades que a igualassem a China em dimensão e sofisticação, o Reino do Meio, que tratava como vassalos os povos na sua periferia.

 

Enquanto isso, os estadistas chineses desenvolveram um cânone de pensamento estratégico que valorizava as virtudes da subtileza, da paciência Kissinger examina episódios chave da política internacional da China, desde a sua era clássica até aos dias de hoje. E mostra o trabalho oculto da diplomacia chinesa em momentos importantes como os primeiros encontros entre a China e os poderes ocidentais modernos, a formação e colapso da aliança sino-soviética, a Guerra da Coreia, e a viagem histórica de Richard Nixon a Pequim, entre outros.

 

Podem encontrar este livro em qualquer livraria (física ou online). Deixo como referência a FNAC para também terem uma ideia do preço. Estou certa que numa biblioteca o poderão pedir emprestado.