Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Sugestão de leitura

O Mundo Dentro do Mundo

 

 

1988 foi o ano do badaladíssimo livro de Stephen Hawking “Uma Breve História do Tempo”. Por isso, qualquer outra obra lançada no mesmo ano escrita por um físico e sobre física não podia escapar a uma comparação. A revista "Nature" não teve receio dessa comparação e escreveu que o astrofísico inglês Barrow, com este livro, era mais sério do que Hawking. No entanto, Hawking vende bem e Barrow, por melhor que seja (e é!), não tem a mesma saída. O comércio do livro tem razões que a razão da prestigiada revista britânica desconhece. “O Mundo dentro do Mundo” trata das leis da Natureza, falando da sua história e dos problemas filosóficos associados à descrição do mundo. De John Barrow há, na Gradiva, com Joseph Silk, “A Mão Esquerda da Criação: Origem e Evolução do Universo em Expansão” e, na Presença, “Teorias de Tudo”.

 

Podem ler um artigo de Carlos Fiolhais (de onde retirei o paragrafo anterior) sobre este livro aqui.

O livro, esse, podem adquiri-lo em qualquer livraria online ou física.

 

Boas leituras!