Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Uma nova empresa canadiana quer ir onde ninguém antes conseguiu

 

 

Por incrível que pareça, o Canadá nunca lançou um foguete em órbita. O Canadá doi o terceiro país do mundo a construir o seu próprio satélite, o Alouette, mas foi lançado pelos EUA num foguete americano. O Canadá enviou astronautas para o espaço, construiu o Canadarm, Canadarm2, Dextre, têm satélites em órbita e ainda instrumentos enviados para Marte. Mas o envio de um foguete em órbita, nunca.

Contudo, tudo pode mudar se Open Space Orbital conseguir atingir o seu objectivo.

A nova empresa sediada em Nova Scotia liderada pelo jovem engenheiro Tyler Reyno tornou público os seus planos para desenvolver um pequeno lançador de satélite, chamado Neutrino 1, que seria capaz de lançar satélites pequenos que pesam até 50 kg para órbita e está à procura do investimento inicial para arrancar com a companhia através de uma campanha de crowdfunding.

A Open Space Orbital lançou uma campanha de crowdfunding para arrecadar $ 100.000 no Kickstarter, sem dúvida, um dos sites de crowdfunding mais popular. O dinheiro será usado para montar o escritório em Halifax, continuará a sua investigação preliminar, e mais importante, continuará o processo de captação de recursos de fontes privadas e governamentais.

 

Podem ler mais sobre este tópico aqui; sobre o programa espacial do Canadá aqui e sobre crowdfunding noutros projectos espaciais aqui.