Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

104 satélites indianos batem recorde da Rússia

Fevereiro 17, 2017

Vera Gomes

unnamed.jpg

  Crédito foto: Arun Sankar/ AFP Photo

 

A Organização de Pesquisa Espacial da Índia (ISRO, sigla em inglês), confirmou nesta quarta-feira, dia 15 de fevereiro, o lançamento de um único foguete que colocou 104 satélites em órbita.  Dessa forma, o lançamento indiano bateu o recorde russo de 37 satélites que prevalecia até então. Na composição geral de artefatos colocados em órbita, estava um satélite principal de 714 quilos destinado a observação terrestre e outros 103 nano satélites de, no máximo, 10 quilos cada um.

 

Os nano satélites pertencem a empresas dos Emirados Árabes Unidos, Israel, Holanda, Cazaquistão, Suiça e Estados Unidos. De todos os artefatos enviados, 96 nano satélites pertencem apenas aos EUA. Tal feito realizado pela ISRO, demonstra a preocupação do governo indiano em financiar pesquisas e operações no sector espacial para consolidar a posição da Índia entre os membros da vanguarda da exploração e pesquisa espacial. Apenas em 2013, o país gastou cerca de 69 milhões de Euros no envio de um foguete não tripulado para Marte. 

 

De qualquer forma, o lançamento do PSLV-C37 realizado na plataforma de Sriharikota, que foi transmitido ao vivo desde a contagem decrescente até a confirmação do sucesso da operação (30 minutos após o lançamento), serviu para colocar a Índia na história e mostrar seu valor comercial para toda a Terra.

 

 

 

Texto de Andreas Markus Wolter,  entusiasta da exploração espacial e investigador em Astropolítica e Relações Internacionais. Trabalha como analista de comércio internacional na Federação das Indústrias de Santa Catarina no Brasil.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Onde compro livros

Free Delivery on all Books at the Book Depository

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Follow