Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Portugal à conquista do espaço

Outubro 09, 2012

Vera Gomes

 

 

 

 

Chama-se Iniciativa Nacional de Transferência de Tecnologia Espacial e acaba de ser lançada pela Agência Espacial Europeia para projetar as empresas portuguesas do sector no mercado mundial

 

Reforçar a competitividade da indústria espacial portuguesa e promover a inovação tecnológica, apoiando e facilitando a transferência de tecnologia espacial já disponível para sectores não espaciais, é o objetivo da Iniciativa Nacional de Transferência de Tecnologia Espacial (PTTI), lançada hoje em Lisboa pela ESA, Agência Espacial Europeia.

 

Este programa de transferência de tecnologia para Portugal é feito pela Agência Espacial Europeia em colaboração com a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), estando o seu desenvolvimento a cargo do Instituto Pedro Nunes, a incubadora de empresas da Universidade de Coimbra.

O lançamento insere-se no workshop temático dedicado aos Programas Tecnológicos da ESA, organizado pelo Gabinete do Espaço da FCT, de preparação para a próxima reunião interministerial da ESA, e contou com a participação de Franco Ongaro, diretor dos Programas Tecnológicos da ESA, e de Carlos Oliveira, secretário de Estado do Empreendedorismo, Competitividade e Inovação, entre outros.

A ESA já transferiu mais de 200 tecnologias espaciais para vários países da Europa, que permitiram a criação de várias empresas com projeção nos mercados internacionais.

Concurso para financiamento de projetos

No âmbito da PTTI está previsto um concurso para financiamento de projetos, dirigido a empresas portuguesas que trabalhem e desenvolvam tecnologias na área espacial, assim como a universidades e aos seus laboratórios de investigação.

O Instituto Pedro Nunes (IPN) é líder nacional em transferência de tecnologia, tendo seis laboratórios de desenvolvimento tecnológico. A sua incubadora de empresas foi considerada a melhor do mundo em 2011 e já apoiou a criação e desenvolvimento de mais de 140 empresas de base tecnológica.

A atividade do IPN engloba a investigação e desenvolvimento tecnológico em parcerias com empresas, formação especializada, disseminação de conhecimento científico e tecnológico e apoio à criação de start-ups e de spin-offs, assim como serviços especializados em Propriedade Intelectual.

Contratos de 90 milhões para Portugal

Portugal é Estado-Membro da ESA desde novembro de 2000. Cerca de 60 empresas e de 20 universidades portuguesas já desenvolveram projetos com a Agência Espacial Europeia, num total de contratos para Portugal superior a 90 milhões de euros.

O lançamento do PTTI é feito na Semana Mundial do Espaço, uma iniciativa da ONU que pretende celebrar anualmente "as contribuições da ciência e tecnologia espaciais para a melhoria da condição humana".

O investimento português nos programas da ESA é caracterizado por um fator multiplicador de 2: por cada um milhão de euros investido nestes programas é gerado um retorno de dois milhões de euros para a indústria espacial portuguesa.

Crise pode provocar fuga de 250 cérebros

Em todo o caso, o presidente da Associação Portuguesa de Indústrias do Espaço (Proespaço), António Neto da Silva, avisou na semana passada que cerca de 250 investigadores portugueses do setor estão dispostos a emigrar se o Governo não investir na ESA por causa da crise.

"Portugal pode perder 250 cérebros porque não investe o valor equivalente a 3km de auto-estrada", afirmou Neto da Silva à TSF, que calcula que Portugal precise de investir 36 milhões de euros nos próximos três anos nos programas da ESA para a indústria nacional funcionar.

A indústria espacial portuguesa tem ainda uma dimensão pequena, pois o seu volume de vendas anual atinge apenas 17 milhões de euros, mas exporta tudo o que produz e representa um sector de alta tecnologia.

Esta semana, realiza-se pela primeira vez em Lisboa a convenção anual da Associação Europeia das Indústrias de Aeronáutica, Espaço e Defesa (ASD), o maior e mais importante evento do sector na Europa, que conta com a participação de 1000 pessoas de 20 países.

 

(in Expresso)

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Onde compro livros

Free Delivery on all Books at the Book Depository

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Follow