Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

A história repete-se?

Julho 08, 2006

Vera Gomes

Em 1986, o Challenger explodia segundos após o lançamento. O mundo viu repetidamente as imagens do acidente. As causas do acidente foram apontadas como sendo uma fuga num tanque de combustível.
Os dirigentes da NASA estavam ansiosos por lançar o Challenger por motivos económicos, pressões políticas e questões de calendarização. A NASA queria lançar o Challenger nas datas previstas para que a plataforma de lançamento fosse preparada a tempo para a missão seguinte que consistia no lançamento de uma sonda que iria estudar o cometa Halley. Se fosse lançada dentro do previsto, esta sonda iria recolher dados dias antes dos russos lançarem uma sonda idêntica. Provavelmente haveria também pressão para que o Challenger estivesse no espaço aquando do discurso do Estado da União de Ronald Reagan cujo tópico principal seria Educação. Como seria também suposto que o Presidente fizesse referência ao Challenger e à primeira professora no espaço.

Em 2003, o programa shuttle sofreu mais um acidente: o Columbia desintegrou-se ao reentrar na atmosfera terrestre. O Columbia havia perdido placas do revestimento térmico ao ser lançado e isso provou-se fatal para toda a tripulação.
Este acidente colocou em causa a continuação do programa espacial, custos, benefícios de toda a exploração espacial, independentemente da forma como fosse efectuada. Questionou também o investimento na Estação Espacial Internacional e a eficácia da gestão da NASA. Pôs ainda em cima da mesa os objectivos do programa espacial americano na sua globalidade. O Senador John MacCain colocou em causa o papel da Administração americana e do Congresso na negligência com questões de segurança do programa espacial em geral e com o shuttle em particular. Levantou a questão da idade e do papel da frota Shuttle, o impacto na ISS, a quantidade de experiências científicas a bordo do shuttle e da ISS e ainda o valor de voos tripulados e não tripulados.
O Relatório de segurança efectuado com o acidente de 1986 não havia sido implementado nem tão pouco era conhecido o seu paradeiro. O shuttle ficou em terra por algum tempo.
Em Julho de 2006, três anos depois do acidente do Columbia, a história repete-se. O Discovery que leva mantimentos e um astronauta para a ISS perde placas de revistemento do escudo térmico ao deslocar. A missão do Discovery no espaço continua, e a Nasa tenta perceber a gravidade dos danso no escudo térmico. Fica a dúvida no ar: será que ao fim de tantos anos de programa shuttle e dos acidentes que já houveram, um deles ainda muito recente, a Nasa continua sem implementar medidas de segurança recomendadas há vinte anos? Será que os cortes orçamentais do Congresso afectam a segurança dos programas espaciais e dos seus astronautas?

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Onde compro livros

Free Delivery on all Books at the Book Depository

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Follow