Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Nasa contribui para a beleza

Maio 29, 2012

Vera Gomes

 

 

 

Uma bebida capaz de atenuar rugas, apagar manchas e reverter os sinais de envelhecimento da pele, em apenas quatro meses. Parece publicidade de algum produto novo e alegadamente "milagroso" à venda em farmácias? Não é. Trata-se de um suplemento nutricional concebido pela agência espacial norte-americana para proteger os astronautas dos efeitos nocivos dos elevados níveis de radiação que se fazem sentir fora da atmosfera da Terra.

 

O AS10 contém uma mistura de frutos ricos em vitaminas e fitoquímicos, conhecidos pela sua ação de bloqueio dos efeitos nocivos da radiação. A saber: cupuaçu (um fruto brasileiro), açaí, acerola, figo da Índia, uvas, chá verde, romã e vegetais.

 

Para avaliar os efeitos da bebida na pele, um grupo de investigadores analisou 180 participantes no início e depois dos quatro meses do estudo, durante os quais beberam, diariamente, dois 'shots' de AS10. Decorrido o período, as rugas tinham diminuído em cerca de 17% e as manchas castanhas provocadas pelo Sol eram 30% inferiores.

 

Um segundo estudo está previsto para o próximo verão, com vista a descobrir por quanto tempo se mantém esses efeitos de rejuvenescimento e o que acontece quando se deixa de tomar a bebida.

 

(in Visão)

 

 

Satélites e Guerra Fria

Maio 20, 2012

Vera Gomes

Durante a década de 70 foram negociados dois Tratados que mudaram o rumo da Guerra Fria: os tratados SALT. Além de implicarem uma redução de armamento nuclear e condições aos sistemas anti-míssil, realçaram a importância da vigilância via satélite. O CORONA e o ZENIT tiveram uma importância crucial durante e após as negociações. 

 

Fica aqui uma citação de Richard Helms (Director da CIA de 1966 a 1972) que revela isso mesmo: a importância dos satélites nas negociações.

“President Nixon, for example, has told me, “If you can’t verify an arms control treaty, we’re not going to hold any arms control negotiation. (…) One of the pivotal points of the negotiations rested on mutual verification; we were trying to match the Soviet’s figures with ours, Fortunately, the Soviets said they’d agree to use our projections about their forces, which we had, unbeknownst to them, compiled using CORONA. So, in other words, CORONA produced the arms control statistics that we used to resolve the SALT I negotiations.”

Empresa portuguesa no Espaço

Maio 17, 2012

Vera Gomes

A empresa Sinergiae, do sector das renováveis, construiu uma peça que vai integrar a nova sonda espacial europeia.

 

A sonda espacial europeia Pilot vai integrar uma peça inteiramente desenvolvida e fabricada em Portugal pela empresa Sinergiae, do sector das renováveis. Esta nova tecnologia da empresa sediada em Coimbra,vai permitir que a sonda não fique "cega" na viagem para a estratosfera.

 

A equipa de investigadores do departamento Space & Techhnology da empresa portuguesa desenvolveu uma tecnologia que permite impedir o aparecimento de cristais de gelo na janela da sonda onde dão entrada os dados provenientes do espaço, como explica o presidente e o maior accionista da empresa, José Pimentão, ao Diário Económico, sem revelar o valor do investimento.

 

Sobre a importância desta nova tecnologia para a empresa e para a economia nacional, o mesmo responsável não deixa de assinalar como "extremamente positivas" e recorda que se trata de mais uma iniciativa para o "reforço de competências das empresas nacionais num sector tão competitivo como é a área espacial". E recorda que este reconhecimento pela inovação nacional, por parte Centro Nacional de Estudos Espaciais (CNES-França), entidade que gere a sonda Pilot, resulta de um trabalho que começou em 2007, com a celebração das primeiras parcerias. Mais recentemente a empresa passou a ser considerada fornecedor de primeira linha de componentes ‘hardware' para missões espaciais.

 

(in Diário Económico)

Exploração mineira no espaço

Maio 09, 2012

Vera Gomes

Há uns dias li aqui que Larry Page e James Camaeram iriam começar a exploração asteróides para extracção de metais preciosos, através da empresa Planetary Resources.

 

A Planetary Resources acredita que o acesso a estes metais vai aumentar, baixando o custo de numerosos equipamentos, desde a microeletrónica às baterias, e emergindo novas aplicações.

 

A empresa crê ainda que os asteroides próximos da Terra, que contêm muita água sob a forma de gelo, poderão servir de espécie de oásis às missões de exploração espacial mais distantes, ao fornecerem fontes essenciais de água e carburante, tornando assim as viagens mais económicas.

 

A Planetary Resources tenciona colocar, dentro de dois anos, em órbita terrestre telescópios espaciais para definir a posição dos asteroides mais promissores. Depois, lançará pequenos engenhos espaciais para os explorar. As atividades mineiras propriamente ditas começarão nos asteroides mais ricos em água e platina.

 

A ideia de explorar as riquezas dos asteroides não é nova e remonta pelo menos a 1926, com um projeto teórico do cientista russo Konstantin Tsiolkovsky. Contudo, a Planetary Resources está a formar um novo paradigma na utilização de recursos que trará o sistema solar para a esfera de influência enconómica da humanidade ao disponibilizar uma exploração robótica de baixo custo e evetnual comercialização de asteróides.  

 

Apesar de todas as dificuldades que a ideia apresenta, verdade seja dita, iremos beneficiar em muito caso esta nossa odisseia espacial chegue a bom porto. Os recursos mineiros terrestres são limitados e as reservas na Terra estão a ser utilizadas num ritmo avassalador pela cont+inua exploração, causando problemas de sustenbilidade de recursos a longo prazo. Esta ideia, apesar de não ser pioneira, abre portas a uma reserva infinita de minerais.

 

A exploração mineira inter-planetária irá permitir a criação e o desenvolvimento de novas indústrias, criação de novos postos de trabalho, etc.

 

Por fim, deixo aqui uma sugestão de leitura. Não é recente, mas é boa para quem quer saber mais sobre este tópico.

 

 

 

 

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Onde compro livros

Free Delivery on all Books at the Book Depository

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Follow