Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

O principio do domínio dos privados?

Outubro 29, 2012

Vera Gomes

Junte-se à conversa espacial da Europa

Outubro 25, 2012

Vera Gomes

Acha que sabe de que forma o espaço afeta o seu dia-a-dia? Pode saber- mas também pode não saber. Explore o Down2Earth, o novo desafio online da ESA, e junte-se à conversa espacial da Europa. É uma discussão crucial e a sua voz é bem-vinda.
 
Recorrendo a uma série de questões, o novo site da ESA Down2Earth apresenta 20 questões desafiadoras que ilustram como o espaço nos beneficia diariamente aqui no planeta Terra.

 

O Down2Earth fornece respostas surpreendentes que mostram como a tecnologia espacial, as aplicações, o know-how e a investigação - "ciência de foguetes" - ajudam a aumentar a nossa qualidade de vida, a reduzir a poluição, aumentar as oportunidades económicas ou melhorar a saúde pública, entre muitas outras.  
 
O desafio da Web também oferece acesso direto a uma discussão animada nos media sociais, onde todos são bem-vindos. Na verdade, houve um pedido expresso de que a sua voz fosse ouvida em todos os aspetos do nosso futuro comum no espaço.

Especialistas da ESA, cientistas, astronautas e membros do público podem interagir através do Facebook e Twitter para discutir o tema do espaço, muitas vezes escondidos na vida do cidadão. 
 
"Down2Earth pretende ajudar as pessoas de todo o lado a compreender e participar no espaço", diz Fernando Doblas, Diretor de Comunicação da ESA.

 

"O site é um passo importante para a discussão do espaço na Europa. É a primeira vez que pedimos aos cidadãos para participarem numa conversa connosco, com o objetivo de melhor compreender o presente e vislumbrar o futuro. "

 

Down2Earth está vivo agora e acessível em todos os canais online da ESA. Se a experiência correr bem, será expandida. 
  
Participe na conversa espacial da Europa, aqui.  

Um exemplo de péssimo jornalismo

Outubro 20, 2012

Vera Gomes

A SIC trasmitiu uma notícia que dizia que a NASA estaria no Alentejo porque os cientistas acreditam que a vida terá começado numa vila alentejana....

 

 

É por estas e por outras que o AstroPT existe. Para esclarecer, educar, informar, evidenciar, refutar, comprovar sempre com factos e com aquilo que a ciência realmente é!

 

Podem ler aqui o que vai mal no jornalismo em Portugal, que para ser sensionalista, dizem uma data de mentiras.

Brasil e Irlanda assinam acordos de Ciência sem Fronteiras

Outubro 11, 2012

Vera Gomes

 O Presidente da Irlanda, Michael Higgins, encontrou-se hoje, em Brasília, com a homóloga brasileira, Dilma Rousseff, e com o ministro da Educação do Brasil, Aloizio Mercadante, e assinou acordos relativos ao Programa Ciência sem Fronteiras.

 

Segundo a Agência Brasil, o objetivo dos acordos é a concessão de até 2.000 bolsas de estudo a estudantes brasileiros em instituições de ensino superior da Irlanda nos próximos três anos nas áreas de ciência, tecnologia, engenharia e matemática.

 

Higgins afirmou, em discurso, que a ciência e a tecnologia precisam de investimento "independentemente de fronteiras". O presidente irlandês fica no Brasil até à próxima quinta-feira.

 

(in DN)

 

Relembro também que aqui falei da questão da falta de recursos humanos especializados no Brasil é um dos desafios que o programa espacial brasileiro enfrenta.

Portugal à conquista do espaço

Outubro 09, 2012

Vera Gomes

 

 

 

 

Chama-se Iniciativa Nacional de Transferência de Tecnologia Espacial e acaba de ser lançada pela Agência Espacial Europeia para projetar as empresas portuguesas do sector no mercado mundial

 

Reforçar a competitividade da indústria espacial portuguesa e promover a inovação tecnológica, apoiando e facilitando a transferência de tecnologia espacial já disponível para sectores não espaciais, é o objetivo da Iniciativa Nacional de Transferência de Tecnologia Espacial (PTTI), lançada hoje em Lisboa pela ESA, Agência Espacial Europeia.

 

Este programa de transferência de tecnologia para Portugal é feito pela Agência Espacial Europeia em colaboração com a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), estando o seu desenvolvimento a cargo do Instituto Pedro Nunes, a incubadora de empresas da Universidade de Coimbra.

O lançamento insere-se no workshop temático dedicado aos Programas Tecnológicos da ESA, organizado pelo Gabinete do Espaço da FCT, de preparação para a próxima reunião interministerial da ESA, e contou com a participação de Franco Ongaro, diretor dos Programas Tecnológicos da ESA, e de Carlos Oliveira, secretário de Estado do Empreendedorismo, Competitividade e Inovação, entre outros.

A ESA já transferiu mais de 200 tecnologias espaciais para vários países da Europa, que permitiram a criação de várias empresas com projeção nos mercados internacionais.

Concurso para financiamento de projetos

No âmbito da PTTI está previsto um concurso para financiamento de projetos, dirigido a empresas portuguesas que trabalhem e desenvolvam tecnologias na área espacial, assim como a universidades e aos seus laboratórios de investigação.

O Instituto Pedro Nunes (IPN) é líder nacional em transferência de tecnologia, tendo seis laboratórios de desenvolvimento tecnológico. A sua incubadora de empresas foi considerada a melhor do mundo em 2011 e já apoiou a criação e desenvolvimento de mais de 140 empresas de base tecnológica.

A atividade do IPN engloba a investigação e desenvolvimento tecnológico em parcerias com empresas, formação especializada, disseminação de conhecimento científico e tecnológico e apoio à criação de start-ups e de spin-offs, assim como serviços especializados em Propriedade Intelectual.

Contratos de 90 milhões para Portugal

Portugal é Estado-Membro da ESA desde novembro de 2000. Cerca de 60 empresas e de 20 universidades portuguesas já desenvolveram projetos com a Agência Espacial Europeia, num total de contratos para Portugal superior a 90 milhões de euros.

O lançamento do PTTI é feito na Semana Mundial do Espaço, uma iniciativa da ONU que pretende celebrar anualmente "as contribuições da ciência e tecnologia espaciais para a melhoria da condição humana".

O investimento português nos programas da ESA é caracterizado por um fator multiplicador de 2: por cada um milhão de euros investido nestes programas é gerado um retorno de dois milhões de euros para a indústria espacial portuguesa.

Crise pode provocar fuga de 250 cérebros

Em todo o caso, o presidente da Associação Portuguesa de Indústrias do Espaço (Proespaço), António Neto da Silva, avisou na semana passada que cerca de 250 investigadores portugueses do setor estão dispostos a emigrar se o Governo não investir na ESA por causa da crise.

"Portugal pode perder 250 cérebros porque não investe o valor equivalente a 3km de auto-estrada", afirmou Neto da Silva à TSF, que calcula que Portugal precise de investir 36 milhões de euros nos próximos três anos nos programas da ESA para a indústria nacional funcionar.

A indústria espacial portuguesa tem ainda uma dimensão pequena, pois o seu volume de vendas anual atinge apenas 17 milhões de euros, mas exporta tudo o que produz e representa um sector de alta tecnologia.

Esta semana, realiza-se pela primeira vez em Lisboa a convenção anual da Associação Europeia das Indústrias de Aeronáutica, Espaço e Defesa (ASD), o maior e mais importante evento do sector na Europa, que conta com a participação de 1000 pessoas de 20 países.

 

(in Expresso)

E se formos à Austrália em hora e meia?

Outubro 08, 2012

Vera Gomes

 

Em apenas 90 minutos, o Space Liner (o primeiro avião supersónico de transporte comercial de passageiros) conseguirá transportar 50 pessoas entre a Europa e a Austrália a 23 mil kms por hora, quase 28 vezes mais do que a velocidade cruzeiro de um Boeing 757. O protótipo, em desenvolvimento desde 2005 pelo Centro Aeroespacial Alemão, foi apresentado na semana passada na feira internacional de Berlim.

 

Podem ler mais aqui.

 

Parabéns Sputnik

Outubro 04, 2012

Vera Gomes

Hoje é o aniversário do lançamento do Sputnik. O mundo mudou a partir deste dia e a exploração espacial entrou em velocidade cruzeiro. O relacionamento entre EUA e URSS durante a Guerra Fria mudou.

 

Portugal foi o primeiro país a captar o sinal do Sputnik. E as primeiras páginas dos jornais portugueses durante semanas falaram sobre o Sputnik. POdel ler aqui o artigo sobre o que os jornais disseram sobre o lançamento do Sputnik. 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Onde compro livros

Free Delivery on all Books at the Book Depository

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Follow