Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Sugestão de leitura

Fevereiro 14, 2014

Vera Gomes

 

 

 

 

 

Ao discutir o avanço da ciência e tecnologia espaciais, a maioria das pessoas instintivamente pensa em vôos espaciais ao espaço profundo, colónias lunares e emocionantes aventuras espaciais. O facto é que a maior parte da tecnologia humana no espaço, que é composta por redes de satélites, aponta para a Terra, e que sao usadas para fornecer serviços para as pessoas no planeta Terra.

Durante a próxima década, haverá uma maior necessidade de sistemas inovadores de informação da Terra para apoiar os esforços da comunidade espacial internacional para fornecer uma infra-estrutura robusta. Este livro descreve algumas das aplicações mais importantes que estão a ser desenvolvidas, juntamente com as actualizações de infra-estruturas espaciais a serem implementadas para apoiá-las .

Este livro dá também uma revisão abrangente de como a tecnologia espacial pode ser utilizada para resolver os desafios ambientais, tecnológicos e humanitários que neste momento se vive no nosso planeta. 

 

 

Este livro é inglês e está à venda na Amazon.

 

NASA estuda dispositivos inspirados no Star Trek para curar astronautas feridos

Fevereiro 12, 2014

Vera Gomes

 

 

Se é um apreciador da saga Star Trek certamente que se recorda dos dispositivos utilizados para a regeneração e cura instantânea. Embora o cenário seja bastante futurista, a NASA, em colaboração com a GRok Technologies, está a desenvolver dois instrumentos semelhantes aos do filme – o Scionic e o BioReplicates – para que possam ser utilizados pelos astronautas para curar pequenos ferimentos.

 

O BioReplicates regenera o tecido humano e constrói células humanas a partir da tecnologia 3D. Adicionalmente, com outro aparelho que serve como um analgésico externo, pode curar pequenas feridas quase instantaneamente. Este aparelho deverá também permitir criar modelos de tecido humano 3D que podem ser utilizados nos testes da indústria farmacêutica e cosmética, evitando assim o recurso a testes em animais.

 

O outro dispositivo, o Scionic, deverá tratar das dores musculares e ósseas e inflamações externas. Um aparelho semelhante, o Scenar, é já utilizado pela Agência Espacial Russa. Este dispositivo envia ondas eléctricas através da pele dos astronautas que vão afectar o sistema nervoso central e o cérebro, que reage aos impulsos de forma semelhante aos analgésicos.

 

Frequentemente, os astronautas sofrem de osteopenia que, devido à inexistência ou pouca gravidade, afecta os ossos e acelera a perda de músculo dos astronautas. De acordo com Inhabitat, este novos dispositivos podem ajudar a regenerar o tecido muscular. Se passarem em todas as fases dos testes, estes aparelhos podem juntar-se aos muitos dispositivos inspirados nos filmes de ficção científica que têm sido desenvolvidos nos últimos anos.

 

(in Green Savers)

Nova politica espacial no Canadá

Fevereiro 11, 2014

Vera Gomes

 

 

 

 

 

Na passada sexta-feira, o Ministro da Indústria do Canadá irá apresentar a nova política espacial canadiana. A política irá enfatizar a segurança e a prosperidade e inclui uma contribuição de US $ 17 milhões para o Telescópio Espacial James Webb. Esta nova politica, enfatiza ainda parcerias com outras nações em grandes projetos, estimulando a inovação.

 

Os novos objectivos de política espacial receberam vários elogios e também demonstração de alguma preocupação: "... qualquer plano é de uso limitado, se não for devidamente financiado. Por isso, é vital que a Agência Espacial Canadiana receber o apoio no orçamento federal terça-feira [hoje]. Só então é que esta estratégia de alcançar poderá descolar".

Sugestão de leitura

Fevereiro 07, 2014

Vera Gomes

 

 

Esta semana, deixo uma sugestão em Português. Não é um livro sobre politica, estratégica ou segurança, mas um livro sobre ciência.

Neste livro  podem ler-se piadas sobre a ciência que há no futebol, no sexo e no bacalhau. Ficará a saber que as ciências são como as drogas, há as leves e as duras. Conta-se o caso dramático de um jovem privado de homeopatia desde pequenino e a vida de um informático na óptica do utilizador. Ficará rendido à eficácia do speed dating com arroz hermafrodita e preocupado com a crise de identidade do lixo. Também é explicado como a capacidade de planeamento pode prejudicar o desenrascanço e feito um tocante peditório para financiar um programa de reprodução de ideias ameaçadas em cativeiro. A comicidade é assegurada por uma série de rigorosos testes realizados em laboratório, de modo que o leitor nem precisa de se preocupar em rir.

 

O livro está à venda em várias livarias portuguesas online e custa cerca de 9€.

A reforma do sector espacial russo continua

Fevereiro 06, 2014

Vera Gomes

 

 

 

 

 

De acordo com um decreto governamental publicado na passada quarta feira, todas as empresas estatais do sector espacial (FGUP - as empresas estatais federais unitárias) devem ser reorganizadas em sociedades de economia mista e as acções devem ser transferidas para a  United Rocket Space Corporation. Estas empresas estavam sob alçada da Roskosmos.

 

Este Decreto do Governo foi aprovada nos termos do Decreto Presidencial sobre a reforma do sector espacial datado Dezembro do ano passado e qu já tinha sido referênciado no Astropolitica aqui

2014: o ano em que NASA e privados têm de encontrar um equilibrio

Fevereiro 05, 2014

Vera Gomes

 

Restrições ao financiamento podem comprometer os esforços da NASA para estabelecer serviços de transporte de tripulação comercial competitivos para lançar os astronautas à Estação Espacial Internacional. Actualmente, três empresas são uma parceria com a NASA neste esforço. Novas concessões de contratos contemplados este ano poderia reduzir a participação das empresas antes dos testes de voo. 

 

Podem ler mais sobre este assunto aqui.

Homenagem de Obama

Fevereiro 04, 2014

Vera Gomes

 

NASA Commemorates Three Space Tragedies

 

 

Tipulantes da Apollo 1

 

 

O Presidente Obama juntou-se aos que por todos os EUA homenagenaram os 17 astronautas que perderam a vida no fogo da Apollo 1 e as tragédias do vaivém espacial Challenger e Columbia na passada sexta-feira. "A nossa exploração do espaço tem expandido o nosso conhecimento do universo, melhorou a nossa vida aqui na Terra e foi uma fonte de inspiração e orgulho para gerações de americanos", disse Obama em comunicado.

Japão quer rede electromagnética para limpar lixo espacial

Fevereiro 03, 2014

Vera Gomes

 

 

 

 

 

 

 

A agência espacial JAXA, do Japão, está a considerar em implantar uma rede eletromagnética (em inglês, electromagnetic tether) no próximo mês para testar o seu potencial para remover detritos espaciais em órbita. A rede é concebida para mudar a sua órbita utilizando uma corrente eléctrica que passa através dos fios. A rede cria um campo eletromagnético que atrai os detritos e empurra o líquido longe do campo geomagnético da Terra. Uma vez que a rede atrai bastante lixo espacial será comandada a abrandar e a desorbitar, permitindo que o lixo espacial, naves espaciais e a rede para queimar na atmosfera no regresso à Terra.

O plano tem os seus contras e se a rede eletromagnética irá funcionar como anunciado ainda está para ser visto. Além das questões técnicas, no entanto, o plano de JAXA faz levantar algumas questões legais internacionais e alguns riscos geopolíticos também.

 

Pág. 2/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Onde compro livros

Free Delivery on all Books at the Book Depository

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Follow