Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Canadá quer mais diálogo

Fevereiro 18, 2016

Vera Gomes

Discurso do Presidente da Agência Espacial do Canadá Sylvain Laporte no Simpósio SmallSatonde apresentou também algumas das ideias de cooperação.

 

O Presidente da Agência Espacial Canadiana quer iniciar um novo diálogo com as partes interessadas da agência. Sylvain Laporte, nomeado presidente da agência em Março 2015, disse que ainda é novo no trabalho por causa da mudança no governo após a eleição de Outubro passado. Laporte disse numa conferência no início deste mês, que pretende um "nível mais intenso de colaboração" e discussão com várias organizações associadas às actividades da agência. Laporte acrescentou que planeia reunir-se com a liderança sénior da NASA em Março, para discutir oportunidades de colaboração futura.
 
Podem ler mais sobre o discurso de Sylvain Laporte aqui.
 
Fica aqui o vídeo do discurso de Laporte no simpósio onde expôs as suas ideias de cooperação que mencionou na entrevista.
 

 

Quer navegar em Marte? Já há mapa!

Fevereiro 16, 2016

Vera Gomes

tek mapa marte

 

A NASA continua a preparar a primeira missão com humanos ao Planeta Vermelho mas as imagens que têm vindo a ser recolhidas já foram usadas por uma agência britânica para fazer o primeiro mapa detalhado do terreno.

 

Não é que faltem fotos, vídeos e outros materiais multimédia sobre Marte, que têm sido profusamente partilhados pela agência espacial norte americana desde as primeiras missões da Curiosity no planeta, e que agora também chegam em 360º. Mas a agência britânica Ordnance Survey decidiu usar a informação que existe, e a sua tecnologia, para dar mais uma ajuda.

 

A aplicação de tecnologia de cartografia e de mapeamento foi usada para dar uma visualização que permite a qualquer pessoa ter uma ideia mais concreta sobre o terreno de Marte. E até planear uma visita quando as viagens de turismo espacial forem possíveis.

 

O mapa cobre uma área de 3672x2721 km da superfície de Marte e foi produzido numa escala de 1 para 4 milhões.

 

(retirado daqui)

Obama no Espaço

Fevereiro 15, 2016

Vera Gomes

 

 

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, deu uma entrevista à revista Popular Science onde falou também sobre a política espacial da sua administração. Fica aqui um pequeno excerto:

 

"Se você fosse acabar em Marte, quem quereria como seu companheiro: Mark Watney de The Martian, ou Ellen Ripley do Alien?

Obama: Considerando que é uma pergunta hipotética, posso escolher os dois? Se tenho Matt Damon a plantar batatas e Sigourney Weaver a tratar de todos os intrusos indesejáveis, eu gosto das minhas probabilidades. "

Caso queiram ler toda a entrevista (apenas disponível em inglês) poderão fazê-lo clicando aqui.

Como funcionam as ondas gravitacionais?

Fevereiro 15, 2016

Vera Gomes

tek phd

 

Foi noticia na semana passada mas há muito quem ainda tenha dificuldade em "assimilar" os conceitos e a informação. Este site dá uma ajuda, até para quem quiser explicar aos mais novos.

 

O anúncio da primeira deteção do fenómeno das ondas gravitacionais que foi teorizado por Albert Einstein há mais de 100 anos deixou a comunidade científica maravilhada, mas muita gente confusa. E não tardaram formas de explicar o fenómeno de maneira mais ou menos simples.

 

 

Entre as muitas explicações que existem online a do PHD Comics é uma das mais interessantes (disponíel em português nas imagens mais abaixo). O vídeo está disponível com legendas em português (do Brasil) (embora seja preciso activar as legendas e eu não o tenha conseguido fazer),  mostrando com ilustrações o efeito das ondas gravitacionais.

 

 

(retirado daqui)

Estes gajos são mesmo.... WOW!!!!!

Fevereiro 12, 2016

Vera Gomes

 

Os Ok Go são conhecidos pelos seus videoclipes originais (quem não se lembra do videoclipe das passadeiras rolantes?). Mais uma vez voltaram a surpreender para o videoclip da música Upside Down & Inside Out, porque foi filmado... em gravidade zero!!!!! A bordo de um avião S7.

 

Durante um voo foram realizados 15 períodos de ausência de gravidade. A filmagem do vídeo foi feita no total de 21 voos - mais do que um astronauta faz em norma ao longo de um ano durante o processo de preparação. Os Ok Go estiverem em ausência de gravidade durante cerca de 2 horas e 15 minutos. Para conseguir o efeito de um único vídeo filmado de uma única vez, a filmagem foi realizada de forma contínua - quando o período em ausência de gravidade terminava, os músicos e membros da filmagem permaneceram nos mesmos lugares, a música parou e esperou pelo próximo modo de gravidade zero para continuar a filmagem.

 

O meu russo não é grande coisa ( aliás, é mesmo inexistente) mas podem ver fotos das filmagens aqui.  

O magnífico azul do Mar das Bahamas

Fevereiro 11, 2016

Vera Gomes

 

Em órbita em torno da Terra a bordo da Estaçao Espacial Internacionao, o astronauta da NASA Scott Kelly capturou esta imagem de água azul na sua série "Arte da Terra" e twittou com esta mensagem: "A splash of #EarthArt over the #Bahamas! #YearInSpace!"

 

O que eu não daria para estar no Mar das Bahamas....

NASA lança campanha para promover turismo espacial. Marte e Júpiter entre os destinos

Fevereiro 10, 2016

Vera Gomes

A preparar uma nova era, a Agência espacial norte-americana lançou uma campanha de promoção turística. Marte está, como não poderia deixar de ser, entre os destinos, mas também há uma tour que junta a passagem por Júpiter, Saturno, Úrano e Neptuno.

 

 

A nova campanha Visions of the Future faz-se de momento com três cartazes, mas a intenção é que a cada próximo mês surjam novos desenhos, e respetivos “convites” de visita a outros spots espaciais.

 

A Visions of the future vem juntar-se a série anterior Exoplanet, somando 14 cartazes que pode ver aqui.

 

 

O trabalho foi encomendado pelo Jet Propulsion Laboratory aos ilustradores da Invisible Creatures, que se inspiraram em posters promocionais dos anos 50 para criar as imagens destinadas a suscitar o desejo de viajar para os destinos espaciais.

 

Os posters da coleção Visions of the future podem ser adquiridos em edição impressa limitada a partir do site da Invisible Creatures. O JPL disponibiliza os mesmos cartazes na forma de download gratuito, assim como os que forem sendo publicados.

 

(retirado daqui)

Nações Unidas condenam lançamento de satélite da Coreia do Norte

Fevereiro 10, 2016

Vera Gomes

O Conselho de Segurança das Nações Unidas "condenarou fortemente" o lançamento do satélite da Coreia do Norte, que vê como um teste de míssil balístico que viola duas resoluções existentes da ONU. O Conselho de Segurança prometeu adoptar rapidamente uma nova resolução que responda tanto ao lançamento de satélites como aos testes nucleares recentes da Coreia do Norte.


O lançamento do satélite ocorreu no passado  Domingo, 7 de Fevereiro às 00:30 GMT ou 09:00 hora local na Coreia do Norte (oficialmente a República Popular Democrática da Coreia ou Coreia do Norte). O Kwangmyongsong-4 satélite de sensoriamento remoto foi colocado numa órbita polar a partir do local de lançamento Sohae, Coreia do Norte.

A Venezuela detém actualmente a Presidência do Conselho de Segurança. O representante permanente da Venezuela nas Nações Unidas, Rafael Dario Ramirez Carreño ,disse que durante uma reunião de emergência no passado Domingo, os membros do Conselho de Segurança "destacou que este lançamento, bem como qualquer outro lançamento da Coreia do norte que use tecnologia de mísseis balísticos, mesmo sendo caracterizado como um lançamento de satélite ou veículo de lançamento espacial, contribui para o desenvolvimento de sistemas de armas nucleares da Coreia do Norte e é uma grave violação das resoluções do Conselho de Segurança ".

O Conselho de Segurança aprovou a Resolução 1718, em 2006, e da Resolução 1874 em 2009 para tentar impedir o desenvolvimento de tecnologia de mísseis balísticos da Coreia do Norte. Os Estados Unidos também assinou um acordo com a Coreia do Norte em 29 de Fevereiro de 2012 concordando em prestar assistência alimentar se em contrapartida a Coreia do Norte participasse nas negociações para desnuclearizar a península coreana e no cumprimento das suas obrigações internacionais, incluindo abster-se de realizar lançamentos que utilizam tecnologia de mísseis balísticos. A Coreia do Norte tentou lançar um satélite seis semanas mais tarde, mas falhou, a terceira falha em três tentativas. O seu primeiro lançamento bem sucedido teve lugar no final daquele ano a 12 de Dezembro de 2012.

Ramirez disse que o Conselho de Segurança irá "desenvolver medidas significativas" numa nova resolução em resposta a este lançamento e ao teste nuclear da Coreia do Norte do passado dia 6 de Janeiro de 2016, que ocorreu "em grave violação das obrigações internacionais da Coreia do Norte."

O Secretário de Estado dos EUA John Kerry denunciou o lançamento do satélite logo depois deste ter lugar através do Twitter e de um comunicado de imprensa do Departamento de Estado. O comunicado de imprensa chamou o lançamento de uma "flagrante violação das resoluções do Conselho de Segurança da ONU." "Reafirmamos o nosso compromisso inflexível com a defesa dos nossos aliados, incluindo a República da Coreia e do Japão" e iremos "trabalhar com os nossos parceiros e com o Conselho de Segurança das Nações Unidas sobre medidas significativas para responsabilisar a República Popular Democrática da Coreia", disse Kerry.
 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Onde compro livros

Free Delivery on all Books at the Book Depository

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Follow