Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

3 dias com Ciência

Julho 15, 2016

Vera Gomes

Verão 2016.gif

 

Para quem se queixa que todas as actividades giras para crianças ficam em Lisboa e arredores, eis que vos apresento "3 Dias com Ciência" que o Lab-I-Duca organiza com alguma regularidade. O próximo terá lugar no fim de Julho e poderão fazer inscrições estão limitadas a 8 crianças por dia. As atividades decorrem das 09h00 às 17h00 com interrupção para almoço das 12h30 às 14h30, nas instalações da BLC3. As crianças que pretenderem almoçar nas instalações deverão fazer-se acompanhar do almoço.

Para mais esclarecimentos poderá contactar o Lab-i-Duca através dos seguintes meios:

A Terra em forma de arte

Julho 14, 2016

Vera Gomes

 

 

 Isto é abslutamente fabuloso!

 

Podem ver abaixo o vídeo impressionante da Terra através dos olhos do satélite Landsat -7. Num nível sublime estas imagens são arte, mostrando a beleza da Terra a partir do espaço. Se nós não tivermos mais nada, mas apenas estas imagens do programa Landsat, uma colaboração de vários órgãos do governo americano, seria já mais que suficiente para pagar o seu custo! Mas o Landsat tem feito muito mais; concebido há mais de quarenta anos atrás pela NASA para monitorizar a utilização de recursos na Terra que permitiu-nos compreender o planeta e as suas mudanças, bem como para tomar decisões sobre a utilização da Terra.

 

Embora estas imagens possam parecer trabalho de artistas abstratos, elas são fotografias verdadeiras e as montanhas, desertos, nuvens, oceanos e recursos mesmo artificiais da superfície do planeta.  O vídeo foi criado com arquivos de animação da NASA por Catherine Laplace - Builhe. Apreciem e deixem-se deslumbrar!

 

Neste dia em 1969...

Julho 12, 2016

Vera Gomes

...David Bowie lançava a música Space Oddity.

 

 

Anos mais tarde, em 2013, o astronauta canadiano a bordo da Estação Espacial Internacional, Chris Hadfield, lançava um vídeo que se tornou viral, onde tocava e cantava esta música.

 

 

Space Oddity é para mim um hino espacial, uma fonte de inspiração e nenhuma música me marcou tanto quanto esta.

 

 

E se o GPS deixar de funcionar?

Julho 07, 2016

Vera Gomes

 

Bastou apenas um erro de 13 milionésimos de segundo para causar um monte de problemas.

 

No passado mês de Janeiro, a Força Aérea dos Estados Unidos colocou um satélite na constelação de satélites GPS off-line, uma hora incorrecta foi acidentalmente enviada para vários utilizidaores, tornando-os fora de sincronização.

 

O erro de tempo foi disseminado pelo equipamento de cronometragem dependente de GPS em todo o mundo por mais de 12 horas. Enquanto o problema passou despercebido a muitas pessoas, graças a sistemas de backup de curto prazo, os engenheiros entraram em pânico na Europa, chamando fabricantes de equipamentos para ajudar a resolver o problema antes de redes globais de telecomunicações começarem a falhar. Em algumas partes do Estados Unidos ou do Canadá, os equipamentos de rádio EMS utilizados pela polícia e pelos bombeiros deixaram de funcionar. A BBC rádio digital esteve fora por dois dias em muitas áreas, e a anomalia foi ainda detectada em redes de energia elétrica.

 

Podem ler mais sobre as conseuqências desta falha do GPS aqui

1 música = 1 imagem #14

Julho 06, 2016

Vera Gomes

Essa espiral multicolorida de amarelo e azul mostra um anel proeminente de gás perto do Pólo Norte Celeste. O pólo parece ser fixo, enquanto o resto do céu noturno circula lentamente em torno dele por causa da rotação da Terra. 

 

 

If I could escape
And recreate a place as my own world

 

Créditos imagem: ESA e Planck Collaboration

Música: The sweet espace, Gwen Stefani

Como o espaço pode ajudar ao desenvolvimento sustentável?

Julho 05, 2016

Vera Gomes

 

O European Space Policy Institute (ESPI) lançou o relatório n.º 59 do ESPI intitulado: "Espaço para o Desenvolvimento Sustentável". O relatório baseia-se nos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (DPSs), aprovados pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 2015.

 

Na introdução relatório pode ler-se: "Os novos objectivos colocam ênfase no respeito a longo prazo pelos requisitos económicos, sociais e ambientais da comunidade global, e o espaço será uma componente fundamental na realização destes objectivos O relatóio ESPI n.º 59 "Espaço para o Desenvolvimento Sustentável" elabora sobre esses aspectos altamente relevantes, e foi produzido como um esforço colectivo por Stefano Ferretti, Jörg Feustel-Buechel, Roy Gibson, Peter Hulsroj, Andreas Papp e Elisabeth Veit."

 

Podem ler o relatório aqui

Orçamento participativo chega à Ciência

Julho 04, 2016

Vera Gomes

 

O Ministério da Ciência vai lançar, no próximo ano, um Orçamento Participativo de Ciência e Tecnologia, pela primeira vez em Portugal.

 

Em declarações à TSF, o ministro Manuel Heitor revelou que o objetivo é envolver mais a comunidade científica na definição das agendas de investigação e desenvolvimento.

 

De acordo com o responsável político, o orçamento participativo vai seguir “as melhores práticas já implementadas em Portugal” e adotar o modelo implementado pelas câmaras municipais.

 

“Além de consagramos a necessidade absoluta de fazer mais e mais investigação, queremos também, em paralelo, abrir a participação ativa a todos, indivíduos e coletivos, na definição da agenda de um orçamento participativo de C&T”, referiu.

 

A medida está a ser apresentada hoje no Ciência 2016 - Encontro com a Ciência e Tecnologia em Portugal, que decorre até quarta-feira no Centro de Congressos de Lisboa, um encontro que sido interrompido pelo anterior Governo e já não se realizava desde 2010 e que agora está de regresso.

 

(retirado daqui)

Emirados Árabes Unidos continuam a apostar forte

Julho 01, 2016

Vera Gomes

 

Os Emirados Árabes Unidos continuam a apostar forte em desenvolver uma conhecimento e indústria espacial. Nos últimos anos têm vindo a estabelecer protocolos de cooperação com as maiores agências espaciais mundiais além de ter desenvolvido a sua própria lei espacial e ser o anfitrião de inúmeros eventos internacionais relacionados com espaço.

 

Agora, a Lockheed Martin vai trabalhar com a Agência Espacial Emirados Árabes Unidos para oferecer oportunidades de formação espaço nos EAU. A empresa anunciou há duas semanas que foi assinado um memorando de entendimento com a agência para fornecer um programa de formação e estágios de quatro meses para estudantes e jovens profissionais como parte dos esforços da agência para desenvolver uma força de trabalho na área do espaço. Esse programa de formação terá lugar nas instalações da Lockheed Martin nos Emirados Árabes Unidos e os EUA. 

Pág. 2/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Onde compro livros

Free Delivery on all Books at the Book Depository

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D