Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Regulamento das atividades espaciais em Portugal

Junho 26, 2019

Vera Gomes

 

 

A ANACOM, enquanto autoridade reguladora espacial e no âmbito do respetivo procedimento de consulta pública, organiza um workshop para debater o projeto de regulamento sobre as atividades espaciais. O evento tem lugar a 5 de julho de 2019, às 14h30, na Fundação Portuguesa das Comunicações (FPC), em Lisboa. Mais informação pode ser consultada em https://www.anacom.pt/render.jsp?contentId=1474577.

 

Este projeto de regulamento pretende garantir a otimização de recursos e a simplificação, celeridade e eficácia dos procedimentos relativos às atividades espaciais, de modo a minimizar a carga administrativa sobre as empresas e a facilitar o acesso do maior número de operadores interessados no exercício de atividades espaciais em Portugal, atribuindo simultaneamente elevada exigência no que respeita à salvaguarda dos interesses de segurança, de prevenção de danos e de redução do impacto ambiental dessas atividades.

 

Por seu lado, o Aviso relativo ao procedimento de consulta pública sobre este projeto foi publicado em Diário da República a 24 de junho de 2019, dispondo agora os interessados de 15 dias úteis para se pronunciarem, por escrito e em língua portuguesa. Os comentários deverão ser enviados, até 15 de julho de 2019, preferencialmente por correio eletrónico, para o endereço reg.espaco@anacom.pt.

 

Os documentos para a consulta pública estão disponíveis aqui: https://www.anacom.pt/render.jsp?contentId=1473662

 

A participação no workshop é livre mas limitada aos lugares disponíveis, estando sujeita a inscrição prévia através do preenchimento do formulário disponível aqui.

Valente Valentina: o discurso que não li na apresentação do livro infantil mais fantástico de sempre!

Junho 17, 2019

Vera Gomes

500_9789722129947_valente_valentina.jpg

  1.  

 

561 é o número de pessoas que foram ao Espaço. Alguém sabe quantas dessas pessoas foram mulheres?

 

  1.  

 

Em 67 anos, desde que pusemos o primeiro satélite no Espaço, pouco mais de 10% das pessoas que já foram ao Espaço foram mulheres.

 

No dia 16 de Junho de 1963, Valentina Tereshkova subiu ao Espaço - 6 anos depois do Sputnik (o primeiro satélite); 3 anos depois do primeiro homem no Espaço, Yuri Gagarin.

 

De origens humildes, Valentina deixou a escola aos 8 anos. Mas nunca - nunca - deixou de sonhar. A sua ambição fez com que continuasse a aprender e investir na sua formação enquanto trabalhava como operária. A sua determinação e formação em salto de paraquedas foram cruciais para que fosse selecionada para o voo da Vostok-6.  

 

A gaivota - o seu nome de código - tornou-se assim a primeira mulher no Espaço e a única até hoje que o fez sozinha. Se foi fácil? Claro que não! A sua missão teve os seus desafios, teve os seus percalços, que a Andreia fez toda a questão – e muito bem – de manter na história. A escova de dentes e a nave a afastar-se da Terra são alguns desses detalhes.

 

Valentina era também uma rebelde! Quando aterrou violou todas as regras: deu tudo o que tinha à população que a ajudou e jantou com eles!

 

Recentemente, Valentina, que acumulou bastantes prémios e reconhecimentos ao longo da sua carreira, partilhou o seu desejo de voltar a Marte. Mesmo que seja só um bilhete de ida!

 

É por tudo isto, que confesso: mesmo com 38 anos, senti-me uma criança de olhos a brilhar a ler o texto que a Andreia escreveu.

 

Estou certa, que miúdos e graúdos igualmente se entusiasmarão com a história da Valente Valentina!

 

Estou certa, que as todas as crianças quererão saber mais sobre estrelas, planetas, viagens ao Espaço. Estamos no sítio certo - o Pavilhão do Conhecimento- para a satisfazer as mentes mais curiosas.

 

Estou certa, que a Andreia e a Rachel, aceitarão de bom grado o desafio de escreverem e desenharem mais histórias de mulheres pioneiras no espaço.

 

Sim, a Valentina foi uma pioneira mas não foi a única! Há mais pioneiras que desbravaram o caminho na exploração espacial. Alguns exemplos:

         - Svetlana Savitskaya a 25 Julho 1984 fez a primeira caminhada espacial

- Sally Ride, em 1983 tornou-se a primeira americana no Espaço;

- Peggy Whitson, a mulher que passou mais tempo no Espaço (fez 10 EVA’s)

- Susan Helms: das que mais vezes esteve no espaço (5) e Actividade Extra-veicular mais longa (8,93 horas) em 2001.

 

É certo que desde o lançamento do Spunitk e da ida da Valentina ao espaço, muita coisa mudou no mundo e em Portugal:

         - ao contrário da minha avó, não preciso de pedir autorização ao meu marido para viajar, ou trabalhar.

         - ao contrário da minha avó, não preciso pedir autorização ao Estado para casar por causa de uma profissão, como era o caso das enfermeiras e professoras.

- ao contrário da minha avó, posso ser proprietária da minha casa, do meu carro e votar!!

 

E ainda assim, o número de mulheres em carreiras ligadas à STEM (Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática) é reduzido – cerca de 25% dos trabalhadores desta área são mulheres.

 

Se pensarmos na área espacial: o número de mulheres é ainda mais reduzido! Embora tenha notado uma evolução positiva nos últimos anos, com maior participação em eventos de gerações mais novas de mulheres, certo é que ainda nos dias de hoje, infelizmente, sou a única mulher à volta de uma mesa de reuniões!

 

Foi por isso que a primeira vez que a Andreia falou comigo de imediato apoiei este projecto sem qualquer tipo de hesitação.

 

Porque escrever este livro, é inspirar gerações, é apostar num futuro com mais igualdade, com mais conhecimento e um mundo mais justo!

 

Os livros têm também o poder de mudar o mundo! E certamente que todos os que estão aqui na sala, têm um livro que os marcou para o resto da vida!

 

Sei que fui muitas vezes o advogado do diabo, que algumas vezes soei pessimista, que fui picuinhas e por vezes levei a Andreia à loucura por dar mais perguntas que respostas.

 

É por isso, pela coragem, audácia e determinação - tal como a Valentina -, que a Andreia teve para estarmos todos aqui hoje a conhecer a Valente Valentina, peço a todos uma salva de palmas!!

 

P.S.: Visitem o site Valente Valentina e podem igualmente comprar o livro. 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Onde compro livros

Free Delivery on all Books at the Book Depository

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Follow