Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Satélites Europeus vão ajudar a prever catástrofes naturais

Agosto 26, 2005

Vera Gomes

Os satélites de controlo ambiental europeus vão contribuir significativamente para prever catástrofes naturais, como os incêndios ou as cheias, anunciou hoje a Agência Espacial Europeia (ESA).


Segundo o subdirector do Centro de Controlo da ESA em Darmstadt, Jean-François Kaufeler, o satélite europeu Envisat já pode recolher informações sobre fontes de poluição ambiental e danos naturais, e mesmo indicar as suas potenciais causas.


"Tecnicamente já existe a possibilidade de prever essas catástrofes naturais, mas na prática falta tempo e dinheiro para desenvolver plenamente o sistema", afirmou Kaufeler.


Mas o futuro sistema GMES (sigla em inglês para Controlo Global do Ambiente e Segurança), que estará operacional em 2010, contribuirá para a compreensão e o domínio das alterações climáticas planetárias, ao proporcionar dados e modelos sobre fenómenos como o "El Niño" e o ciclo do carbono.


O sistema terá por objectivo recolher, processar e validar informações para facilitar a elaboração de previsões, mapas do coberto vegetal da Terra, e para controlar a composição atmosférica e das áreas costeiras.


O sistema de satélites GMES permitirá prever quando e onde haverá secas ou cheias, e quanto tempo durarão, bem como epidemias de doenças perigosas, além de detectar os factores ambientais que contribuam para a sua propagação.


Neste sentido, a secretária de Estado do Ambiente alemã, Margareta Wolf, numa visita às instalações da ESA em Darmstadt, defendeu a rápida ampliação dos sistemas de observação ambiental por satélite.


"As catástrofes naturais como as cheias na região dos Alpes ou os incêndios em Portugal confirmam a necessidade deste projecto", afirmou Wolf.


Actualmente o Envisat pode medir e analisar os gases com efeito de estufa, localizar poluentes e correntes oceânicas, e observar os buracos na camada de ozono sobre o Antárctico e o Árctico.


Esse satélite, em órbita a 800 quilómetros de altitude desde Março de 2002, tem dez instrumentos a bordo para monitorizar os fenómenos mais importantes e problemáticos como "a camada de ozono, a alteração progressiva das manchas florestais em zonas ameaçadas, as mudanças a nível dos oceanos e das suas temperaturas, as catástrofes humanas e naturais", segundo a ESA.


Desta maneira, este satélite ambiental contribui para fornecer informações às associações de protecção civil para lhes proporcionar uma visão exacta das áreas afectadas por uma catástrofe e identificar outros locais de risco.


Um dos principais instrumentos do Envisat é o MERIS (Medium Resolution Imaging Spectrometer), um espectrómetro que fotografa a superfície terrestre para recolher dados, mas só o pode fazer quando as condições de iluminação o permitem.


A sua principal missão é medir a cor do mar, tanto nos oceanos como nas zonas costeiras, o que permite determinar a concentração do pigmento da clorofila e dos sedimentos em suspensão no meio marinho.


in http://publico.clix.pt/shownews.asp?id=1231332&idCanal=170

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Onde compro livros

Free Delivery on all Books at the Book Depository

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Follow