Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Sugestão de leitura #51

Março 31, 2016

Vera Gomes

 

Já algum tempo que não recomendava um livro e achei que, juntando o útil ao agradável, deveria escrever sobre a mais recente publicação que tive conhecimento da NASA: um livro sobre os benefícios e o impacto que os voos tripulados tiveram na sociedade.

 

O livro apresenta uma série de estudos aprofundados sobre a interacção mútua da exploração espacial e da sociedade -  parte de uma necessidade maior para entender as relações entre ciência, tecnologia e sociedade. Depois de começar com um estudo sobre as atitudes públicas para o espaço ao longo do tempo, muda para abordar os estudos de casos específicos de potenciais "spinoffs" do programa espacial da NASA nas áreas de tecnologia médica, circuitos integrados e indústria multibilionária hoje conhecido como MEMS (sistemas microeletromecânicos). Estes estudos levantam explicitamente as questões difíceis do que pode ser considerado spinoff e quanto de qualquer spinoff reivindicada em particular pode ser atribuído à NASA. Além spinoffs, a parte final do livro considera questões mais amplas de espaço e sociedade, incluindo a controvérsia sobre o uso de componentes nucleares na nave espacial, a relação entre a NASA e o ambiente, o impacto das aplicações de satélites, bem como o impacto do programa Apollo . A exploração espacial também gerou inteiramente novas disciplinas, incluindo astrogeologia, astroqimica, e até mesmo astroteologia. O capítulo final explora a disciplina de astrosociologia.

 

A boa notícia é que o livro está disponível gratuitamente na íntegra, quer em formato PDF quer para o kindle ou outros leitores de books. Podem descarregar o livro clicando aqui e escolhendo quando o formato que mais vos convém.

 

Boas leituras!

Perdida em Marte com Matt Damon

Outubro 01, 2015

Vera Gomes

 

Falaram-me do livro há umas semanas atrás. Comprei-o e está na lista de livros a ler e será provavelmente o freguês que se segue na minha (longa) pilha de livros para ler.

 

O filme que estreia esta semana também está na lista. Normalmente não faço as duas coisas: ou vejo o filme e ou leio o livro. Confesso, contudo, que neste tenho irei fazer as duas coisas. Falaram-me tão bem do livro que terei que o ler: nada substitui as imagens que criamos na nossa mente enquanto lemos um livro. Estou certa que verei primeiro o filme...

 

Acredito igualmente que depois do anúncio desta semana da NASA sobre a descoberta em Marte, haverá ainda mais pessoas interessadas em ver o filme. A ficção tornou-se mais próxima de se tornar realidade. O sonho comanda a vida, portanto, porque não ir a Marte?

 

O Observador de hoje traz um artigo sobre o filme. Podem ler aqui.

 

E para abrir o apetite, aqui fica o trailler oficial.

 

 

 

Sugestão de leitura

Fevereiro 13, 2015

Vera Gomes

 

Em 25 de Janeiro de 1984, no relatório anual do Estado da União endereçado a uma sessão conjunta do Congresso, o presidente Ronald Reagan anunciou que "hoje à noite, eu estou pedi à NASA para desenvolver uma estação espacial permanentemente tripulada e para fazê-lo dentro de uma década." Alguns momentos depois, ele acrescentou: "Queremos que os nossos amigos nos ajudem a enfrentar estes desafios e compartilhar os seus benefícios, a NASA irá convidar outros países a participar, para que possamos fortalecer a paz, construir a prosperidade, e expandir a liberdade para todos aqueles que compartilham os nossos objetivos." Pouco mais de um ano depois, durante o período de Abril-Junho  de 985, Canadá, Japão e Europa aceitaram o convite dos EUA para participar do programa da estação espacial. Assim, iniciou-se a mais ampla experiência de cooperação técnica internacional já realizada.
 
Este ensaio é uma história e análise dos degraus que levaram às origens da parceria para a estação espacial entre os Estados Unidos e seus aliados mais próximos. O livro traça o processo que levou à decisão de convidar outros países para participar no projecto e os seus motivos para aceitar esse convite. Não abrangidos nesta conta são as difíceis negociações durante o período de 1984-1988, que levaram a um conjunto inicial de acordos que permitiu que aos potenciais parceiros trabalharem em conjunto durante as primeiras fases do programa da estação espacial e, em seguida, para o conjunto final de acordos de criação da parceria da estação espacial. Além disso, o convite de 1993 à Federação da Rússia para se juntar aos parceiros originais não é discutido, nem são as negociações posteriores para rever os acordos de 1988.

 

A NASA disponibiliza o livro gratuitamente aqui em inglês. Se preferirem podem compra-lo aqui

 

Boas leituras!

 

Tecnologia espacial para benefícios sócio-económicos

Fevereiro 10, 2015

Vera Gomes

 

 

Todos os anos, aquando da realização do Congresso Internacional de Astronáutica, ocorre também o workshop IAF/ UN (Federação Internacional de Astronáutica/ Nações Unidas). O tema de 2014 foi sobre a tecnologia espacial e os benefícios sócio-económicos que advém dela.

 

Foi agora tornado público o relatório deste workshop. Nao é um documento muito extenso, mas vale a pena ler por estar patente aquilo que os participantes no workshop (indústica, unversidades, investigadores) considerarem quais são os beneficios do Espaço. Podem ler o relatório, apenas disponível em Inglês, aqui.

 

O IAC em 2014 decorreu em Toronto, no Canadá, como foi referido no Astropolítica aqui. O tema do Congresso foi "Our world needs space" (O nosso mundo precisa do Espaço) e por isso, os workshops satélite deste mega-evento abordaram também temáticas relacionadas com o tema principal.

Sugestão de leitura

Novembro 21, 2014

Vera Gomes

 

 

Recentemente durante uma pesquisa, tropecei num livro da NASA com Informaçao sobre os astronautas americanos: quem são, o que fizeram, de onde vieram, missões em que participaram e se ainda estao activos ou não. Chama-se Astronaut fact Book e acho que vale a pena uma vista de olhos. Deixo por isso o link para os mais curiosos.

 

Boas leituras!

Sugestão de leitura

Novembro 07, 2014

Vera Gomes

 

Rand Simberg, o autor de "Safe is not an option", pensa que somos fracos. Ou, pelo menos, as pessoas encarregadas da exploração do espaço, que, segundo ele, devem estar dispostas a aceitar uma mortes em nome da expansão da fronteira do espaço.

No "Safe is not an option", Simberg estabelece que a nossa experiência na exploração espacial humana levou-nos a um ponto em que não estamos dispostos a aceitar os riscos que iremos encontrar no avanço da exploração do sistema solar.  A sua premissa é que nós nos tornamos "obcecados" com a segurança, e não estamos dispostos a aceitar que, por exemplo, uma missão a Marte pode ter riscos que não estamos dispostos a enfrentar.

 

O livro está disponível na Amazon, também em versao para kindle.

Sugestão de leitura

Outubro 24, 2014

Vera Gomes

capa livro.jpg

Securing Outer Space é um dos livros que está na minha lista de livros a comprar/ ler.

Este livro aborda os desafios que o espaço representa para a teoria política são profundas. No entanto, até agora, a exploração e utilização do espaço geralmente tem reflectido - mas não desafiou - os padrões políticos e impulsos que caracterizaram a política do século XX e as Relações Internacionais. Este volume editado analisa uma série de políticas controversas e estratégias contenciosas que têm promovido actividades espaciais sob a rubrica de pesquisa e inovação, a militarização e armamento, colonização e comercialização. Este livro coloca essas políticas e estratégias na perspectiva teórica mais ampla de duas maneiras principais. Em primeiro lugar, através da leitura dos discursos de actividades espaciais: expondo as práticas de produção de significado; descobrindo as narrativas que transmitem determinadas estratégias espaciais como desejável e inevitável. Em segundo lugar, os ensaios sugerem maneiras de compreender, e criticamente se envolver com os efeitos de determinadas políticas espaciais.

Os ensaios nesta obra tentam "trazer de volta o espaço" para a área de discurso das Relações Internacionais, da qual tem sido, em grande parte removido, marginalizado e silenciado. Os vários capítulos fazem isso, destacando como as actividades no espaço exterior estão sempre ligadas às práticas e performances do todos os dias na Terra

 

O livro está à venda na aqui.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Onde compro livros

Free Delivery on all Books at the Book Depository

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Follow