Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Asgardia: a primeira nação espacial

Outubro 20, 2016

Vera Gomes

 

 


Um grupo de cientistas quer criar uma nova nação. Pacífica, sem os constrangimentos das leis terrestres e reconhecida pelas Nações Unidas. Existirá no espaço, mas ninguém poderá realmente lá viver.

 

Mas já é possível solicitar a cidadania. Segundo o Twitter desta nova nação, as candidaturas ultrapassam já as 100 mil!! De acordo com as regras, "qualquer ser humano a viver na Terra pode ser cidadão de Asgardia". Quer ter hino, bandeira e insígnia, para os quais foram lançados concursos.

 

 

Segundo indica o site, o primeiro projeto será o lançamento do primeiro satélite no final de 2017.

 

Terá quase todos os requisitos para se candidatar a ser o 194º país das Nações Unidas... excepto o facto de não existir fisicamente.

 

O projecto está a ser desenvolvido por uma companhia privada russa - Aerospace International Research Center, com sede em Viena, liderado pelo cientista e empresário russo Igor Ashurbeiyli - pai fundador de Asgardia, como se intitula no site.

 

Existem contudo, dúvidas sobre o reconhecimento de um Estado espacial. Actualmente, o Tratado do Espaço Exterior (Outer Space Treaty), a lei internacional que regula a exploração e utilização do espaço, estatui que a responsabilidade pelos objetos enviados ao espaço é do país que os enviou. Segundo Igor Ashurbeiyli, Asgardia seria responsável pelo seu lançamento, alterando assim a responsabilidade para a própria "nação espacial".

 

Em declarações ao The Guardian, Christopher Newman, especialista em lei espacial da Universidade de Sunderland, Grã-Bretanha, disse que o projeto reflete o facto de que a geopolítica espacial mudou bastante desde que o Tratado foi elaborado, nos anos 1960. No entanto, não é claro se Asgardia cumpre os requisitos.

 

"É um projeto muito excitante em muitos sentidos e vai ser interessante ver como se desenrolará. Mas existem grandes obstáculos na lei espacial internacional para serem superados, porque o que eles querem é a revisão geral do atual quadro legal do espaço", sublinhou o especialista.

 

Podem ler o artigo do The Guardian aqui

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Onde compro livros

Free Delivery on all Books at the Book Depository

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Follow