Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Challenger: 29 anos após o desastre

Janeiro 28, 2015

Vera Gomes

 

 

No dia 28 de Janeiro de 1986, o programa espacial norte-americano sofreu, provavelmente, o revés com  maior impacto na opinião pública mundial: o desastre do Challenger. 

A morte de uma tripulação de sete, que pela primeira vez incluiu a astronauta civil Christa McAuliffe, numa explosão transmitida na rede nacional de televisão durante vários dias após o acidente deixou uma marca na mente do público.

 

 

Ainda mais profundo foi o impacto na NASA. Cega pelo sucesso dos voos primeiros voos do Shuttle, a gestão da Agência tinha desenvolvido uma atitude negligente em relação ás advertências provenientes da comunidade de engenharia. A NASA tinha feito uma agenda impossível para o Shuttle, mesmo antes da sua entrada em serviço, para conseguir garantir o financiamento. Ao longo do tempo, os dirigentes da NASA estavam cada vez mais impacientes com os atrasos técnicos que operar uma máquina tão complexa gera.

Tudo o que terminou numa manhã de frio intenso,  do dia 28 de Janeiro de 1986, quando sete astronautas perderam a vida à frente da família, amigos, e milhões de telespectadores. Um veículo que foi celebrado pela sua proeza técnica separou-se aos 73 segundos de voo, queimando cerca de 2 milhões de litros de combustível em apenas alguns segundos, criando uma nuvem sinistra de gás que ainda assola a memória de quem viu.

 

A tripulação da missão STS-51-L do Space Shuttle mission STS-51-L. Na fila de trás, da esquerda para a direita: Ellison S. Onizuka, Sharon Christa McAuliffe, Greg Jarvis, e Judy Resnik. Na fila da frente, da esquerda para a direita: Michael J. Smith, Dick Scobee, and Ron McNair. (Créditos: NASA)

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Onde compro livros

Free Delivery on all Books at the Book Depository

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Follow