Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Astropolítica

"Se se pudessem interrogar as estrelas perguntar-lhes-ia se as maçam mais os astrónomos ou os poetas." Pitigrilli

Quer ir a Marte?

Outubro 16, 2015

Vera Gomes

 

A NASA quer tornar Marte um planeta em que as pessoas possam viver e trabalhar. O objetivo final é tornar Marte um planeta independente da Terra, a partir da década de 2030

 

“Viagem a Marte” é o nome do relatório divulgado esta sexta-feira pela NASA, que dá a conhecer os próximos objetivos da agência espacial: ter humanos a viver e trabalhar em Marte até ao final da década de 2030.

 

A NASA planeia instalar colónias independentes da Terra, onde os humanos possam “trabalhar, aprender, operacionalizar e viver de forma sustentada” durante “extensos períodos de tempo”, anuncia a agência no relatório divulgado.

 

Se o plano da NASA se concretizar, Marte viverá três fases, que a agência denomina como “dependente da Terra”, “local de testes” e “independente da Terra”.

 

Para tal, a agência preocupa-se de momento com a criação de condições propícias aos humanos no planeta. Isto porque, atualmente, o tempo em que o homem pode viver no espaço é limitado, devido ao receio que a radiação cause doenças como o cancro, ou que os astronautas regressem com problemas como infertilidade, demência ou problemas ópticos, segundo explica o Telegraph.

 

As primeiras missões da NASA estão previstas para uma área do espaço à volta da Lua, e o seu sucesso ou insucesso ditará a expansão das missões para locais mais longínquos, como Marte.

 

Os planos da NASA ainda serão discutidos com membros do congresso americano, com o diretor comercial da agência e com os parceiros internacionais da NASA. Caso se materializem, podem ser mais um grande passo na história da humanidade.

 

(retirado daqui)

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Onde compro livros

Free Delivery on all Books at the Book Depository

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Follow